A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/03/2011 13:16

Deputados aprovam aumento de 6% para servidores do Poder Judiciário

Ítalo Milhomem

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul aprovou em sessão extraordinária no início da tarde desta quarta-feira (30), o reajuste salarial de 6% para os servidores do Judiciário.

O projeto foi enviado pelo presidente do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Luiz Carlos Santini, e prevê um impacto no orçamento do Estado na ordem de R$ 1 milhão por mês.

O presidente da comissão de Orçamento da Assembleia, Eduardo Rocha (PMDB), que relatou o projeto, alegou que o aumento não causaria prejuízos aos cofres do governo.

O voto do relator foi acompanhado pelos deputados tanto na comissão, como pelos deputados em plenário.

O aumento estende-se aos funcionários aposentados e aos pensionistas que têm paridade de direitos em relação aos servidores da ativa.

O projeto de lei aprovado segue agora para sanção do governador André Puccinelli (PMDB). Caso sancionado o reajuste terá validade retroativa a partir de 1º de março.



O Judiciario terá reajuste de 6%. E nós, do poder executivo, como ficamos??? Temos familia tambem.
 
Jhonatan Vieira em 19/04/2011 09:01:00
dividido pelos 50% deles daria quanto!!!!!, poxa vou trabalhar 30 anos como servidor publico e nunca chegarei aos aumentos absurdos que eles tem a cada ano, ja pensou! calcula ai, seu salario base é de 650, se a cada ano eles aprovam pra nós um aumento que varia de 3 a 6%, quanto isso vai dar no final de sua aposentadoria. "É impossível um servidor publico viver com tão pouco". vejam: sobe a inflação, aluguel fica caro, luz, agua, alimentação tudo isso pra o servidor se virar nos 30, agora nisso pensai.

abraço a todos, e vamos continuamente acreditar que um dia as coisas venham a melhorar
 
gildemar dantas de medeiros em 31/03/2011 07:31:32
Repudio veemente a expressão "não causaria prejuízo aos cofres do governo", como se os trabalhadores do Judiciário causassem "prejuízo" ao Governo. Para que todos saibam, muito pelo contrário, o TJMS retém, reiteradamente, parte das indenizações aos servidores que tem direito ao ressarcimento de despesas antecipadas para atender aos interesse da Administração e nem previsão tem para ressarcir. 6% é VERGONHOSO chamar de aumento. Aumento foi dos palamentares, aprovado na calada da noite em mais de 60% e ninguém disse que "causa prejuízo aos cofres do governo".
 
José Wilson Nunes em 31/03/2011 07:14:24
vão morer de fome com esse aumento!!!!! coitados.
 
juliano lessa sartori em 30/03/2011 07:19:44
Isto é uma vergonha.
Esta é a nossa justiça...
chamar isto de aumento só aqui mesmo viu...ESta justiça é a maior injustiça..
 
carla luppo carminatti em 30/03/2011 06:28:41
Vocês estão de brincadeira anunciando isso como um "aumento". Isso não passa de uma reposição prá lá de humilhante. Enquantom o servetuários titevram 6%, os magistrados "pegaram" bem mais. Se quiserem saber, perguntem a eles quanto foi.
 
Osmar Felinto de Mello em 30/03/2011 04:20:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions