A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/11/2011 11:00

Dividido em 11 categorias, IPTU 2012 terá reajuste entre 7,33% e 15,33%

Wendell Reis
Prefeito espera que adimplência chegue a 87% em 2012(Foto:João Garrigó)Prefeito espera que adimplência chegue a 87% em 2012(Foto:João Garrigó)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), informou nesta segunda-feira (21) que o IPTU (Imposto Predial Territorial e Urbano) em 2012 terá variação entre 7,33% e 8,20%. Os percentuais são baseados no IPCA-E (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial) e no Sinapi (Sistema Nacional de Pesquisas de Custos e Índices da Construção Civil), que registraram em setembro os percentuais de 7,33% e 8,20%, respectivamente.

O prefeito explica que o percentual máximo deve ser cobrado dos contribuintes que residem próximo a obras entregues neste ano pela Prefeitura Municipal, como os casos do Segredo, Cabaça, Lagoa e Complexo Imbirussu-Serradinho, inaugurado neste mês. A exceção ficará nos casos onde o contribuinte realizar obras de ampliação em seu imóvel.

Outra novidade apresentada na cobrança deste ano está nas subdivisões, que passam das cinco atuais: precário, popular, médio, fino e de luxo, para 11 categorias. A medida atende uma sugestão dos vereadores, após as reclamações nas cobranças do ano anterior. O novo projeto do IPTU deve ser apresentado aos vereadores em reunião nesta segunda-feira. A previsão é de que o projeto seja votado na Câmara em dezembro.

O prefeito garante que a prefeitura dará todo o aparato para atender as reclamações e dar respostas rápidas. Segundo ele, o índice de reclamações com relação ao IPTU é de apenas 1% do total de contribuintes. A prefeitura espera ainda que a adimplência suba dos atuais 84% para 87% em 2012.



Muitas obras que estamos observando na Capital são verbas do PAC administrada pela Prefeitura. Acho justo que haja aumento do IPTU, porém, não justificando em cima de obras dessa natureza.
 
Ezio Jose em 22/11/2011 12:24:02
A lei sobre o I.P.T.U é encaminhada à câmara justamente para que os representantes do povo possam analisar e autorizar ou não, as mudanças que poderão vir a ser impantadas, portanto, meus caros, o povo deveria saber de onde vem a verba da saúde, da educação, da merenda escolar, da iluminação pública, dos servidores pagos pelo sus, enfim, nosso município é um conto de fadas!
 
admir cristaldo em 22/11/2011 10:05:00
Eu moro há 17 anos numa rua e nunca houve serviço da prefeitura nessa rua nesses 17 anos; nem esgoto nós temos ainda e olha que esgoto não é benefício e sim serviço a pagar para prevenção de doenças, obrigação da prefeitura fazer.
 
luiz alves pereira em 22/11/2011 08:46:22
A criatura que é favor de cobrança de IPTU é igual aos políticos desonestos. Eu comprei meu imóvel paguei e a prefeitura não me ajudou, porque tenho que pagar todo ano uma taxa? é Ditadura? Você é dono de algo nesse caso? E ainda tem gente que acha que o prefeito ta certo em aumentar a cobrança. Merece os políticos que tem.
 
luiz alves pereira em 22/11/2011 08:43:34
Não pode ser esquecido que as obras estão sendo feitas com dinheiro do PAC, do governo federal e a contrapartida da prefeitura já é paga por nós, através do IPTU que pagamos anteriormente, IPVA, pois 50% desse imposto é do município, ISS e rateio do ICMS.
 
Sérgio Wilian Annibal em 22/11/2011 07:52:00
Mais aumento!!! Este ano já pagamos um absurdo de aumento e o Sr. Prefeito disse que iria rever esses aumento, pois não tinha sido feita nenhuma benfeitoria nas vias públicas, agora quer aumentar mais ainda, até agora estamos esperando melhorias no nosso bairro que esta num abandono de dar dó.
 
Silverio Gomes Silva em 21/11/2011 11:53:06
Não entendo esta conta...pago IPTU para obter melhorias, fico anos sem um benefício, com o IPTU aumentando. Quando executam a melhoria vem o aumento do IPTU em teto máximo. Pergunto ao Sr Prefeito? Que conta é esta? e IPTU que paguei justamente para obter melhorias e não tive?
 
fabio krauss em 21/11/2011 11:45:53
Bem, pela nossa legislação, o preço do IPTU é baseado nesse IPCA-E, que está defasado. Ninguém pode negar que nossos imóveis estão valorizando, então não há erro em aumentar. Claro que todo mundo quer ver as melhorias na rua de casa,. Mas esse Imbirussu-Serradinho por exemplo nem é perto da minha casa, mas é uma melhoria pra cidade. Temos que parar de olhar pro próprio umbigo.
 
Edgard Perim em 21/11/2011 05:32:23
Prefeito entrega brindes do programa IPTU dá Prêmios nesta segunda-feira
O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), tem um compromisso público agendado para esta segunda-feira (21). Pela manhã, às 9 horas, o pre...
Trad garante que IPTU não terá as confusões do ano passado
O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), informou ao Campo Grande News na manhã desta segunda-feira (14), durante visita a obras do Imbi...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions