A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

07/03/2019 17:48

Dólar registra alta pela quarta vez consecutiva e se aproxima de R$ 3,90

Cotação da divisa norte-americana encerrou o dia a R$ 3,885; decisões econômicas na Zona do Euro atingiram o mercado nacional

Humberto Marques
Moeda norte-americana superou a marca de R$  3,87 ao longo da quinta-feira. (Foto: Agência Brasil/Arquivo)Moeda norte-americana superou a marca de R$ 3,87 ao longo da quinta-feira. (Foto: Agência Brasil/Arquivo)

Em alta pela quarta sessão consecutiva, o dólar norte-americano voltou a fechar no maior valor do ano: o dólar comercial encerrou a quinta-feira (7) com alta de 1,27%, vendido a R$ 3,885 –aproximando-se dos R$ 3,90.

O valor de fechamento foi o mais alto desde 27 de dezembro (quando a divisa foi negociada a R$ 3,894). Por volta das 15h30 (de MS), a moeda chegou a ser vendida a R$ 3,897.

No mercado de ações, o índice Ibovespa, da B3 (antiga Bolsa de Valores de São Paulo), alternou altas e baixas. Nas horas finais de negociação, porém, reagiu positivamente e fechou em alta de 0,13%, aos 94.340 pontos.

Especialistas do mercado financeiro avaliam que a alta do dólar foi atrelada à decisão do Banco Central Europeu de cortar projeções de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) na Zona do Euro, bem como do aumento dos juros no período pós-crise, oferecendo a instituições financeiras rodadas de empréstimos baratos.

Embora as medidas de estímulo fossem aguardadas, a suspensão das projeções pegou o mercado de surpresa, levando a cotação do euro e rendimentos de títulos públicos a caírem.

No Brasil, a cautela em relação ao andamento da proposta de reforma da Previdência, diante da falta de notícias sobre o atual estágio das negociações em torno do projeto, também contaminou a cotação.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions