A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

06/01/2010 08:10

Em 2009, inflação foi de 3,9% em Campo Grande

Redação

No último mês de 2009 o custo de vida do campo-grandense aumentou 0,15%, conforme indica o IPC (Índice de Preços ao Consumidor), elaborado pela Anhanguera-Uniderp. A inflação, puxada por itens como o álcool hidratado, passagens interestaduais e pneus, só não foi maior porque os preços de alimentos e vestuário caíram.

A inflação acumulada na Capital no ano passado foi de 3,29%, abaixo da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional que era de 4,5%, com tolerância de 2% para mais ou para menos.

"Contribuiu para isso a forte valorização do real frente ao dólar americano neste ano de 2009, em torno de 25%, tornando mais difícil as exportações do país, com perda de competitividade. Com isso, o mercado interno ficou com uma oferta superior à demanda, principalmente de produtos alimentícios, baixando os seus preços", avalia o coordenador do Nepes (Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais), Celso Correia de Souza.

Ele diz que a previsão é que neste ano o mesmo movimento ocorra: "Com o real se valorizando frente ao dólar, continuando a dificultar as exportações do país, freando a inflação".

Somente o grupo Alimentação apresentou deflação em seu índice no acumulado de 2009, de (-0,31%). As maiores altas foram nos grupos Despesas Pessoais 7,65%, Saúde 7,52% e Habitação 5,67%.

Dezembro

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions