A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/02/2008 11:50

Em 3 anos queda de venda de diesel é de 27%

Redação

A comercialização de óleo diesel por postos de combustível de Mato Grosso do Sul vem caindo progressivamente nos últimos anos. Desde 2004 a redução de vendas chega a 27%, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo). Os postos culpam mais uma vez a alta carga tributária, e o Sinpetro informa que 83 estabelecimentos situados nas rodovias e imediações já fecharam as portas. 

Essa situação não é difícil de ser confirmada. Basta passar pelo anel rodoviário de Campo Grande para encontrar postos desativados. O diretor do setor de Diesel do Sinpetro, Mário César Neves, afirma que nesta semana a entidade reiterou pedido de reunião com a Sefaz (Secretaria de Fazenda) para discutir a possibilidade de redução da carga tributária sobre o produto, mas ainda não obteve resposta.  

O pleito é antigo, mas as discussões não têm avançado. Se na próxima semana não houver uma resposta, diz Neves, os proprietários de postos devem se mobilizar. O setor quer uma alíquota de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de 12%, como em estados vizinhos, contra os atuais 17%. Segundo Neves, os postos das divisas com São Paulo e Paraná são os que mais sofrem com a concorrência, mas como os caminhões têm grandes tanques e às vezes até tanques suplementares conseguem atravessar o estado sem necessidade de abastecer.  No ano passado foram comercializados em Mato Grosso do Sul 737.717 metros cúbicos de óleo diesel, 6,4% a menos que em 2006, justamente em um ano em que a safra de grãos foi cheia e o escoamento da produção intenso. A queda na venda de diesel começou em 2005. No ano de 2004 as comercializações atingiram patamar de 1.012.578 metros cúbicos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions