A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

07/01/2014 18:07

Em 30 dias cesta básica sobe 2,4% na Capital; alta ficou em 5,6% em 2013

Vinícius Squinelo

O preço da cesta básica teve alta de 2,4% em Campo Grande em dezembro, em relação ao mês anterior. É o que aponta levantamento realizado pela Semac (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia).

De acordo com o levantamento, os 15 produtos da cesta básica foram adquiridos por R$ 285,46 em dezembro, contra R$ 278,76 em novembro. No acumulado de 2013, o índice apresenta variação positiva de 5,64% e nos últimos seis meses queda de 2,88%.

Segundo o levantamento dos técnicos da Semac, dentre os 15 produtos pesquisados, nove tiveram os preços elevados no último mês do ano, com destaque para: tomate 8,16%; alface 7,84%; laranja 5,24%; margarina 4,50%; açúcar 3,31%; batata 2,47%; banana 1,95%; carne 0,72% e macarrão 0,44%. Os produtos que registraram queda de preços foram arroz 3,69%; sal 2,22 %; óleo 1,08% e feijão 0,90%, enquanto que o pão e o leite mantiveram seus preços inalterados.

Com a produção do tomate afetada pelas chuvas ocorridas no mês em questão, o produto diminuiu seu volume ofertado no mercado interno causando aumento em seu preço. Já a alface (+7,84%) e a laranja (+5,24%) tiveram o período de entressafra, com baixa oferta no mercado, como fator decisivo para a variação.

Alguns estabelecimentos pesquisados fizeram promoção de arroz, fazendo com que seu preço registrasse queda 3,69%. O volume ofertado de óleo esteve alto em decorrência da safra da soja que bateu recorde de produção, registrando baixa de 1,08%.

Familiar – A pesquisa que levanta o custo da Cesta Básica Familiar registrou alta de 1,02% em Campo Grande, em relação ao apurado no mês anterior. Os 44 produtos avaliados puderam ser adquiridos por R$ 1.275,29. No levantamento anterior os mesmos produtos estavam custando o total de R$ 1.262,42. No acumulado dos últimos seis meses, a Cesta Básica Familiar apresenta alta de 0,54% e nos últimos 12 meses elevação de 6,67%. Dentre os 44 produtos pesquisados, 27 apresentaram alta nos preços, dez tiveram queda e sete mantiveram os preços inalterados.

No grupo Alimentação, composto por 32 produtos, a pesquisa apresentou uma variação positiva de 1,02%. Alguns dos produtos em alta foram: cebola 15,79%; cenoura 8,94%; tomate 8,20%; alface 7,83%; laranja 5,28%; farinha de trigo 4,79%; margarina 4,51%; açúcar 3,35%; mandioca 2,96% e batata 2,50%. No grupo de produtos que apresentaram maiores quedas nos preços, estão: abobrinha 6,19%; café 3,94%; arroz 3,66%; frango 3,02%; feijão 0,92%; sal 0,89%; óleo 0,86%; fubá 0,83% e manteiga 0,51%.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions