A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/06/2009 09:00

Em 4 anos, comércio ganhou 17 mil funcionários

Redação

De 2003 para 2007 o número de pessoas trabalhando no comércio de Mato Grosso do Sul cresceu 21%, de 79.953 a 97.314, conforme pesquisa divulgada nesta quarta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

No mesmo período o salário médio dos comerciários aumentou em 57,27% (sem considerar a inflação), de R$ 5.122,90 a R$ 8.057. Levando em conta todas as retiradas, os salários consumiram R$ 409.592.000 no ano de 2003 e em 2007 foram R$ 784.064.000.

A receita bruta de revenda foi de R$ 18.760.377.000 e a margem de comercialização R$ 2.876.791.000. São 19.712 estabelecimentos com receita de revenda, dos quais 16.637 varejistas que empregam 73,5% dos trabalhadores do setor.

A receita bruta de revenda do varejo foi de R$ 7.346.058.000 em 2007 e a margem de R$ 1.289.500.000.

Já o atacado, que emprega 14,79% dos trabalhadores do comércio, teve margem parecida, de R$ 1.187.393.000. Enquanto o setor atacadista destinou R$ 176.447.000 ao pagamento dos trabalhadores, no varejo foram R$ 497.445.000.

No comércio de veículos, peças e motocicletas são 1.732 estabelecimentos que tiveram receita bruta de revenda de R$ 2.222.663.000 e margem de comercialização de R$ 399.898.000. No segmento eram 11.331 trabalhadores em 2007, com salário médio de R$ 9.723 ao ano.

Empresas têm até 20 de dezembro para optar pela antecipação do eSocial
Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSoci...
Prazo para regularizar débitos com fisco estadual vence na sexta-feira
Contribuintes que possuem débitos com o fisco estadual têm até sexta-feira (15) para aderirem ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) de Mato Gross...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions