A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

16/09/2019 16:25

Em mês atípico, “Avenida do Carro” reúne 24 lojas de veículos em feirão

Lojistas da Avenida Bandeirantes fazem ação que, até o dia 30, promete condições facilitadas na venda de seminovos e usados

Humberto Marques e Liniker Ribeiro
Cerca de 2 mil veículos de 24 lojas serão oferecidos em ação. (Foto: Paulo Francis)Cerca de 2 mil veículos de 24 lojas serão oferecidos em ação. (Foto: Paulo Francis)

Em um setembro visto por empresários como diferente do usual para as revendas de veículos ao longo da Avenida Bandeirantes –no sul de Campo Grande–, diante da movimentação abaixo da esperada para o mês, um grupo de 24 lojistas aceitou convite de uma instituição bancária e deu início, nesta segunda-feira (16), a um feirão que promete condições facilitadas na aquisição de seminovos e veículos usados.

Com promessa de avaliação do crédito apenas a partir da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) feita na hora, burocracia reduzida e parcelamentos em até 60 vezes, a expectativa dos lojistas é reavivar as vendas, com um aumento de até 50% nos negócios até o dia 30, quando o “Feirão Limpa Pátio Avenida do Carro” deve terminar.

A oferta, conforme os próprios lojistas, envolve mais de 2 mil veículos em exposição nas próprias lojas da Bandeirantes. Com tais condições, a expectativa é de que sejam atraídos mais potenciais compradores, revertendo-se em aumento nas vendas.

“Além das vantagens, outro ponto positivo é que o feirão acontece na própria loja. Não precisamos nos deslocar para outro lugar, como quando acontecem os feirões em locais específicos, como a Praça do Papa”, afirmou o empresário Madeson Pereira, 37, ele mesmo um dos participantes da campanha. Ele aponta que o esforço nas vendas visa a melhorar um cenário em um mês que, tradicionalmente, tem alta nos negócios.

“Setembro costuma ser bom porque o pessoal já começa a comprar carro para viajar no fim do ano. Mas este ano está diferente, o movimento não está tão bom quanto costuma ser”, destacou Pereira, que projeta um aumento de 50% nas vendas. As lojas participantes da ação foram identificadas com banners.

A expectativa também é positiva para a vendedora Geisa Pineda, 35. “Como estão dando mais facilidades, é uma chance de quem está procurando carro conseguir. As vantagens prometem surpreender os clientes”, pontuou.

O segmento de seminovos e usados seguiu a tendência do de novos e, em agosto, registrou queda de 7% na comparação com julho. Foram negociados 18.761 automóveis do tipo, conra 20.164 no mês anterior.

Contudo, o setor se mostra movimentado: estima-se que, a cada quatro carros vendidos no Estado, três sejam seminovos e usados. De janeiro a agosto, foram cerca de 135 mil unidades comercializadas, segundo dados do setor.

Madeson afirma que setembro costuma ser um bom mês para venda de veículos. (Foto: Paulo Francis)Madeson afirma que setembro costuma ser um bom mês para venda de veículos. (Foto: Paulo Francis)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions