A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

10/02/2009 20:42

Empregados de supermercados querem reajuste de 15%

Redação

Em assembleia geral do SEC/Campo Grande (Sindicado dos Empregados em Supermercados de Campo Grande), realizada na noite desta terça-feira, cerca de 250 comerciários decidiram que querem um aumento de 15% nos salários a partir do dia 1º de abril, data-base do reajuste.

O vice-presidente do Sindicato, Nelson Benites, esclarece que o piso salarial pago atualmente aos funcionários de supermercados da Capital gira em torno de R$ 520. "Queremos um aumento equivalente ao aumento dato pelo governo federal ao salário mínimo que era de R$ 415 e hoje é de R$ 465", frisa o sindicalista.

A decisão será protocolada ainda nesta semana no Sindicato Patronal da Capital, que tem um prazo estabelecido para estudar a reivindicação. Depois de analisada a proposta, uma contra-proposta deverá ser enviada ao SEC/Campo Grande que avaliará se acata ou não a decisão.

Segundo Nelson, atualmente 8 mil comerciários estão cadastrados no Sindicato, mas pelo fato de maioria trabalhar à noite, a assembleia não foi tão movimentada. A reunião começou às 19 e terminou às 21h10.

Como o presidente Idelmar da Mota Lima está viajando a Brasília (DF) para tratar de assuntos sindicais, a assembleia foi presidida hoje por Nelson. A reunião aconteceu na sede do Sindicato, localizada à Rua Fernando Augusto Corrêa da Costa, 33, Jardim América, perto da Igreja Católica São Judas Tadeu.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions