A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

08/04/2018 08:34

Energia elétrica fica mais cara a partir deste domingo em 73 cidades de MS

Aumento faz parte da revisão tarifária aplicada a cada cinco anos, conforme contrato de concessão dos serviços

Marta Ferreira

Começa a valer hoje (8) o reajuste nas contas de energia elétrica para consumidores da Energisa em Mato Grosso do Sul. O aumento foi aprovado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) na última terça-feira (3) e terá impacto, no Estado, para mais de 1 milhão de clientes em 73 cidades.

O reajuste médio será de 9,87%. Para os consumidores residenciais das zonas urbana e rural, atendidos pela baixa tensão, o aumento será 10,65%. Para as empresas que usam a rede de alta-tensão, a alta será de 7,91%.

Este não é um reajuste anual tradicional. Ele faz parte da revisão tarifaria da concessionária, prevista a cada cinco anos, segundo o contrato firmado na década de 1997. 

A decisão seguiu a recomendação da SGT (Superintendência de Gestão Tarifária) definida por meio de nota técnica. A presidente do Concen (Conselho dos Consumidores da Área de Concessão da Energisa-MS), Rosimeire Costa, durante audiência ocupou a tribuna para questionar os percentuais que, segundo ela, estão acima da inflação. Depois de confirmado o aumento, ela anunciou que o Conselho tentaria derrubar a tarifa. 

 

Aneel autoriza aumento médio de 9,87% na tarifa da Energisa
A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou reajuste médio de 9,87% nas tarifas cobradas pela Energisa, concessionária que atende a maiori...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions