A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Junho de 2018

07/04/2017 13:37

Energisa assina parceria em projeto de eficiência energética em órgão público

Ricardo Campos Jr.
Serão trocados equipamentos antigos de ar condicionado, refrigeração e iluminação antigos por outros que além de modernos têm o Selo Procel de Economia de Energia (Foto: divulgação / Energisa)Serão trocados equipamentos antigos de ar condicionado, refrigeração e iluminação antigos por outros que além de modernos têm o Selo Procel de Economia de Energia (Foto: divulgação / Energisa)

A Energisa e a Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul) assinaram um Termo de Cooperação Técnica para tornar mais eficiente e econômico o consumo energético no prédio do órgão. A energia economizada nas instalações da agência pode chegar a 25 MWh/ano, que equivale ao atendimento de 125 residências no mesmo período com consumo médio de 200 kWh/mês cada.

Segundo informações da assessoria de imprensa da concessionária, serão trocados equipamentos antigos de ar condicionado, refrigeração e iluminação antigos por outros que além de modernos têm o Selo Procel de Economia de Energia.

As obras começam em agosto e devem ser entregues em até um mês. “Aproveitamos a oportunidade para mostrar como a Energisa opera, desde os cuidados em permitir que o cliente exerça seu direito de defesa em caso de constatação de irregularidades na medição, atendendo todas as exigências da regulamentação da ANEEL quanto ao funcionamento da operação integrada”, explica o diretor-presidente da Energisa, Gioreli de Sousa Filho.

Já o diretor-presidente da Agepan, Youssif Domingos, disse que o programa é importante para estreitar o relacionamento entre a concessionária e o agente regulador, dando ao órgão condições de acompanhar a execução, a eficiência e os bons resultados da Energisa nesse programa que está desenvolvendo no estado.

A ação integra uma série de atividades da concessionária. Em 2016, foram realizados sete diagnósticos energéticos nos sistemas de iluminação, condicionamento de ar, refrigeração e aquecimento solar da água em instituições filantrópicas, unidades do poder público, comércio e serviços, que demandaram aplicações da ordem de R$ 2.093 mil.

Brasil deixou de arrecadar R$ 354,7 bi com renúncias fiscais em 2017
Com meta de déficit primário de R$ 159 bilhões neste ano e com um teto de gastos pelas próximas duas décadas, o governo teria melhores condições de s...
Prazo para atualizar versão da Nota Fiscal Eletrônica termina no próximo dia 2
O prazo para atualizar a versão da Nota Fiscal Eletrônica termina no dia 2 de julho. A migração da versão do arquivo XML deve ser feita rapidamente p...
FCO já liberou R$ 892 milhões em recursos de janeiro a maio em MS
Mato Grosso do Sul aumentou em 139% as contratações de créditos pelo FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) entre os cinco prime...
Pobres do país levam nove gerações para alcançar renda média, diz OCDE
Relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) estima que, no Brasil, podem ser necessárias nove gerações para criança...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions