A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

20/05/2014 11:47

Enersul pagou, em 2013, R$ 3,3 milhões para compensar desabastecimento

Marta Ferreira

Consumidores da Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) receberam, no ano passado, R$3.371.714,02 em compensações por terem ficado sem abastecimento. Ao todo, segundo balanço divulgado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) foram feitas, aos clientes da Enersul, 690.967 compensações por falta do serviço. A agência esclarece que um cliente pode receber mais de uma compensação.

O valor pago pela Enersul, que atende 74 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, é menor em 9% que o de 2012, quando foram R$ 4,5 milhões. No País, conforme a agência, foram pagos, ao todo, R$ 346 milhões 46 milhões em compensação por interrupções no fornecimento de energia elétrica em 2013. 


As informações constam do balanço consolidado pela Aneel, que é elaborado a partir da documentação enviada pelas concessionárias de distribuição do País.

A Aneel estabelece limites para os indicadores de fornecimento da energia. De acordo com a agência, quando há violação desses limites, a distribuidora deve compensar financeiramente a unidade consumidora. A compensação é automática, e deve ser paga em até dois meses após o mês de apuração do indicador (mês em que houve a interrupção). As informações referentes aos indicadores de continuidade estão disponíveis na fatura de energia elétrica. 

Interrupções – Segundo os dados divulgados, os brasileiros ficaram, em média, 18,27 horas sem luz em 2013. O número ultrapassa o limite estipulado pela ANEEL para o ano de 15,18 horas. Para os clientes da Enersul, o número de horas sem energia foi, em média, de 11,82, menos que o limite estabelecido.

No Estado, além da Enersul, a Elektro, empresa paulista, que atua em cinco municípios do Bolsão, pagou R$ 5 milhões aos consumidores por interrupções no fornecimento em 2013. Esse dado é referente a toda a área de atuação da empresa, incluindo São Paulo e Mato Grosso do Sul.

FMI eleva projeção de crescimento global e para o Brasil em 2018 e 2019
O FMI (Fundo Monetário Internacional) elevou a projeção de crescimento do Brasil para 2018 e 2019. O PIB (Produto Interno Bruto) do país deve crescer...
Trabalhador acima dos 60 anos começa a receber hoje as cotas do PIS/Pasep
Os trabalhadores a partir de 60 anos de idade e que têm conta corrente ou poupança individual na Caixa Econômica Federal (Caixa) ou no Banco do Brasi...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions