A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

11/09/2008 10:54

Envio de gás ao Brasil deve ser reduzido pela metade

Redação

Um novo incidente na Bolívia, envolvendo outro gasoduto, desta vez na estação de Bella Vista, deve reduzir em 55% o envio de gás natural ao Brasil.

Neste momento, o presidente em exercício da MS Gás, Ronaldo Vielmo Monteiro, participa de uma reunião com representantes da Petrobras. Ele deverá se pronunciar em breve.

Através de Corumbá, o Brasil recebe 31 milhões de metros cúbicos de gás natural da Bolívia.  O novo problema e a perspectiva de redução foram apurados pela Agência de Notícias Efe, mas ainda não foram confirmados pela Petrobras e nem pela empresa estatal boliviana YPFB (Yacimientos Petroliferos Fiscales Bolivianos).

Novo incidente - Ontem, o consórcio Transierra, responsável pela administração dos gasodutos entre ambos os países, havia confirmado uma redução em 10% do volume devido a danos em uma válvula de um gasoduto localizado na região de Yacuíba.

Naquela ocasião, a MS Gás informou que o impacto não deveria ser sentido em relação ao abastecimento às empresas de Mato Grosso do Sul, mas o prejuízo pode acontecer em relação ao recolhimento de ICMS referente ao produto, que representa cerca de 10% da arrecadação do Estado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions