ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  17    CAMPO GRANDE 10º

Economia

Exército poderá ajudar na construção da Ferrosul

Por Redação | 11/06/2010 19:52

O Exército brasileiro poderá reforçar as tropas de mão-de-obra para a construção da Ferrosul (Ferrovia da Integração do Sul S/A), a bilionária ferrovia de bitola mista planejada para ligar os estados que integram o Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul): Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul. A informação é do portal Brasil Econômico.

A Ferroeste, que deverá servir de base ao projeto, está elaborando um plano de trabalho com o Exército para fazer módulos de 50 quilômetros, o que permitirá construir vários ramais simultaneamente.

Como ocorreu com a linha da Ferroeste, os militares seriam gestores da construção das linhas da Ferrosul, a fim de concluir as obras até 2013. Com previsão de somar 2,59 mil quilômetros, a empreitada deverá demandar investimentos entre US$ 4 bilhões e US$ 6 bilhões.

A decisão de criar a Ferrosul foi tomada pelos governadores do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul em reunião do Codesul realizada em 18 de novembro de 2009, em Campo Grande, com o objetivo de planejar, construir e operar ferrovias e sistemas logísticos.

A Ferrosul terá como base física a linha existente da Ferroeste e os novos trechos em projeto da empresa ligando os quatro estados. Do ponto de vista jurídico, a nova empresa será resultado da incorporação desses estados.

Conforme a carta de intenções em defesa da implantação da Ferrosul, a expansão dos trilhos, em bitola mista

Nos siga no Google Notícias