ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 32º

Economia

Fábrica de Ribas do Rio Pardo será a mais lucrativa da Suzano, diz presidente

Além disso, Walter Schalka elogiou os incentivos em Mato Grosso do Sul e manteve mistério de inauguração

Gabriel de Matos e Jhefferson Gamarra, enviado especial a São Paulo | 01/08/2023 16:51
Walter Schalka é presidente da empresa de papel e celulose paulista (Foto: Jhefferson Gamarra)
Walter Schalka é presidente da empresa de papel e celulose paulista (Foto: Jhefferson Gamarra)

A empresa de celulose da Suzano que está sendo construída no município de Ribas do Rio Pardo, distante a 98 km de Campo Grande, é um dos destaques do MS Day nesta terça-feira (1º). O evento em São Paulo (SP) é uma vitrine para investidores de todo o mundo para mostrar o potencial de Mato Grosso do Sul.

O presidente da Suzano, Walter Schalka, foi um dos presentes e ressaltou que a indústria no Estado deve ser a mais lucrativa da empresa de papel e celulose. "Nós imaginamos estar operando lá com o custo estrutural ao longo do tempo de 100 dólares a tonelada, que é o menor custo mundial", disse.

O representante da empresa elogiou o cenário de Mato Grosso do Sul e disse que o Estado fornece possibilidade de fazer investimento com qualidade e infraestrutura. Walter destacou que há muita disponibilidade de terras e capacidade para a que a indústria flua e se desenvolva.

Porém, o presidente manteve o mistério sobre a data de inauguração da fábrica no interior de Mato Grosso do Sul. Ele somente informou que nesta quarta-feira (2), à noite, o dia deve ser divulgado.

Reunião de pessoas no MS Day, em São Paulo (SP), nesta terça-feira (Foto: Jhefferson Gamarra)
Reunião de pessoas no MS Day, em São Paulo (SP), nesta terça-feira (Foto: Jhefferson Gamarra)

O andamento da obra está no prazo adequado, estamos no período de silêncio porque amanhã de noite nós estaremos divulgando a data exata de inauguração da obra. Então, não posso ainda abrir nesse momento a data, mas amanhã estaremos divulgando isso ao mercado", explicou Walter Schalka.

Sobre o efetivo de trabalhadores presentes para a construção da fábrica, o presidente informou que são cerca de 10 mil trabalhadores diretos somente na obra. Após a construção, cerca de 3.500 empregados devem estar na produção da empresa de celulose.

Para finalizar, Schalka comentou sobre o evento MS Day. Ele disse que é fundamental para atrair novos investimentos para o Estado e que o ritmo de crescimento está acelerado. "O Estado está crescendo proporcionalmente muito mais do que outros do Brasil. Foram atrair investimentos de uma forma muito adequada e com muita competitividade", destaca.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias