A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

16/12/2014 19:54

Federação acredita em retração na venda de veículos e desafios em 2015

Priscilla Peres
(Foto: Alcides Neto)(Foto: Alcides Neto)

Tomou posse nesta terça-feira (16) a nova diretoria da Fenabrave/MS (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), que irá atuar pelos próximos três anos. O setor que passa por um momento de retração nas vendas, vê em 2015 um cenário de desafios para montadoras e concessionárias atraírem mais clientes.

O atual presidente, Cristiano Gionco, explica que mesmo após uma recuperação do setor nos últimos meses, 2014 vai terminar com retração nas vendas estimado em 10%. "O mercado se manteve aquecido por anos, até que em 2014 tivemos uma redução nos dias úteis devido a Copa do Mundo, aliado a restrição do crédito e a redução da confiança do consumidor", diz.

Tais fatores fizeram com que o setor apresentasse seguidas quedas mensais nas vendas e em consequência, concessionárias adotaram estratégias para driblar a situação. "É um período de ajustes, as empresas estão trabalhando com promoções, descontos, crédito ampliado, tudo para tentar aumentar as vendas e passar bem por esse momento", destaca Giocondo.

Para 2015, a previsão é de que o IPI (Imposto de Produtos Industrializados) volte a subir, o que pode contribuir ainda mais para uma retração nas vendas. Diante disso, Giocondo afirma que até o primeiro trimestre do próximo do ano, as concessionárias devem trabalhar com veículos de estoque. "Quem tiver carro em estoque continua vendendo com o preço antigo, isso deve movimentar o setor até meados de abril".

Após esse período, o presidente acredita que 2015 seja bem parecido com 2014 para o setor. "O que queremos é estimular o crédito e continuar fazendo o que podemos, que é melhorar o atendimento e fomentar as compras".

Fenabrave/MS - Mato Grosso do Sul reúne 104 concessionárias de carros, motocicletas, caminhões, implemento e máquinas agrícolas. São cerca de 30 mil funcionários envolvidos diretamente na rede de concessionárias. "Se levarmos em conta o número de empregos indiretos que o setor gera, esse número se multiplica muito. Para cada carro que é vendido, por exemplo, são cinco pneus que devem ser produzidos", explica Cristiano Gionco.

A Regional de Mato Grosso do Sul da foi criada em 1989 e atualmente representa 104 concessionárias de todo o Estado, que atendem nos seguimentos de motocicletas, automóveis, caminhões e máquinas agrícolas.

Agências do BB abrirão uma hora mais cedo para saques do Pasep
As pessoas com mais de 70 anos beneficiadas com o saque das cotas do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão ir mais c...
Águas Guariroba consta pela 2ª vez entre 150 melhores para se trabalhar no País
Pela segunda vez, a concessionária Águas Guariroba, responsável pelo saneamento básico em Campo Grande, está relacionada entre as 150 melhores  empre...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions