A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

25/08/2009 11:00

Fiems defende adiar debate sobre redução da jornada

Redação

O presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen, defendeu hoje, durante debate público no Plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília, que a discussão sobre a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais seja adiada para próximo ano.

"Este não é um bom momento para tratar desse tema, já que o setor produtivo começa a emitir sinais de recuperação e não deve ser onerado com uma medida sem fundamento", disse. Ele observou que a discussão tem como pano de fundo o ambiente pré-eleitoral por isso deveria ser deixada para depois do pleito.

"Estamos preocupados com a manutenção dos empregos dos trabalhadores. Ninguém vai conseguir arcar com os custos desta Proposta, sem promover reajustes no seu quadro funcional", avisou Longen.

Na reunião, da qual participou o presidente da CNI, Armando Monteiro e o presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer. O deputado ressaltou a importância de o assunto ser discutido sob o ponto de vista técnico.

"Queremos ouvir os especialistas, com argumentos de ambas as partes, e transformar este plenário no centro dos debates sobre temas de importância nacional", disse. Longen participa do evento acompanhado do diretor da Fiems e presidente do Sindivest, José Francisco Veloso Ribeiro.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions