ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  23    CAMPO GRANDE 32º

Economia

Frigoríficos de MS não figuram em "lista vermelha" da Rússia

Por Helton Verão | 02/10/2013 14:07

Começou a vigorar nesta quarta-feira (2) o embargo da Rússia à carne suína brasileira. Dez frigoríficos foram proibidos de fornecer seus produtos para o mercado da UA (União Aduaneira), formada por Rússia, Belarus e Cazaquistão.

Uma autoridade sanitária local encontrou na carne ractopamina, uma substância proibida no pais, que serve para estimular o crescimento muscular dos animais.

Seis unidades da JBS, duas da Minerva, uma da Marfrig e uma da Pampalona estão proibidos de exportar carne para União Aduaneira.

Desses, os três primeiros mencionados possuem filiais em Mato Grosso do Sul. Mas de acordo com as primeiras informações, não estão listados no embargo.

O Brasil é o segundo maior exportador de carne de porco e aves para a Rússia. Em 2012 o país vendeu US$ 400 milhões em produtos, totalizando 124,4 mil toneladas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário