A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/03/2009 07:27

Gasolina já é encontrada a partir de R$ 2,30 na Capital

Redação

A guerra de preços deflagrada entre os postos de combustível de Campo Grande já baixou a gasolina ao patamar de R$ 2,30, segundo a pesquisa da ANP (Agência Nacional de Petróleo) feita esta semana.

A coleta foi feita na segunda-feira, dia 9 de março. Os pesquisadores encontraram a gasolina por R$ 2,30 no posto Yokohama, no Jardim Panamá, R$ 2,38 no Acácia, localizado na rua 26 de agosto e R$ 2,39 no Beline e Beline, na Avenida Afonso Pena.

Os preços, que até há alguns meses costumavam estar alinhados, estão bastante diversificados. Há estabelecimentos que cobram na casa dos R$ 2,30 outros dos R$ 2,40, R$ 2,50, chegando ao máximo de R$ 2,69, dentre os 68 estabelecimentos pesquisados. A diferença entre o maior para o menor preço corresponde a mais de R$ 17,00 em um tanque de 45 litros. Confira a pesquisa aqui

Para o consumidor, os preços baixos são bem vindos. O chapeiro Nilson Souza abastecia neste sábado a R$ 2,38. Ele não acredita que o preço baixo incorra no risco da gasolina estar adulterada, um receio comum. "Quem me garante que nos postos mais caros a gasolina não é adulterada", questiona. Nilson diz que está seguindo a rota do menor preço e se o estabelecimento onde abastece reajustar o valor vai procurar outro mais barato.

O preço médio em Campo Grande é de R$ 2,573, queda de R$ 0,03 em relação há quatro semanas. Isso se deve basicamente à redução da margem de lucro, que está na média de R$ 0,31. Há um ano os postos lucravam R$ 0,426 por litro comercializado, uma das maiores margens do País. Com a concorrência, a situação se inverteu.

Dourados

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions