A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

08/04/2017 15:42

Gerentes estimam que 2,6 mil foram às agências da Caixa no Centro

Ricardo Campos Jr. e Yarima Mecchi
Agência que chegou a ter filas quilométricas pela manhã encerrou expediente com movimento tranquilo (Foto: Yarima Mecchi)Agência que chegou a ter filas quilométricas pela manhã encerrou expediente com movimento tranquilo (Foto: Yarima Mecchi)
Agência da 13 de Maio encerrou expediente com movimento reduzido em comparação ao período da manhã (Foto: Yarima Mecchi)Agência da 13 de Maio encerrou expediente com movimento reduzido em comparação ao período da manhã (Foto: Yarima Mecchi)

A distribuição de senhas foi interrompida pontualmente às 15h nas agências da Caixa no Centro de Campo Grande, mas os funcionários seguem trabalhando até atender todos os que já estavam dentro dos prédios aguardando a vez. Levantamento preliminar feito pelos gerentes aponta que as unidades das ruas Barão do Rio Branco e 13 de Maio receberam, juntas, 2,6 mil pessoas neste sábado (8).

Elas fizeram parte de um conjunto de nove agências que abriram hoje para atender os saques das contas inativas de FGTS. O número leva em consideração tanto o atendimento presencial quanto o fluxo nos terminais de autoatendimento.

A tranquilidade no fim do expediente contrastava com as longas filas registradas pela manhã, que na agência da Barão alcançavam a Rua 14 de Julho.

O eletricista Moacir Oliveira, 43 anos, deixou par ir à unidade da 13 de Maio depois do trabalho e considerou o movimento tranquilo. Ele precisou ser ajudado por um caixa porque teve dificuldades para retirar o dinheiro nos terminais de autoatendimento. O montante será usado para pagar contas.

Contudo, nem todos saíram do banco com o dinheiro em mãos. O analista financeiro Nilson de Oiiveira passou três horas nessa mesma agência tentando resolver um problema no cadastro. A empresa em que ele trabalhava não deu baixa na demissão e ele tentava provar que não trabalhava mais na companhia.

“Deram sete dias para resolver o problema. Fiquei de retornar dia 17. Quando eu cheguei tinha fila do lado de fora, mas o atendimento não foi demorado”, pontua.

A doméstica Maria Lúcia Oliveira, 53 anos, só conseguiu sacar metade do que tinha disponível na conta inativa. “Vou guardar o comprovante e voltar na segunda-feira”, disse a trabalhadora.

Horário diferenciado - nos dias 10, 11 e 12 de abril as agências abrirão duas horas mais cedo.

De acordo com o cronograma divulgado pela Caixa no início deste ano, a segunda etapa dos saques iniciariam no próximo dia 10 (segunda-feira) mas a rede antecipou o calendário.

Segundo a assessoria de imprensa da Caixa, a segunda etapa de pagamentos contempla 60% mais trabalhadores que a primeira, iniciada em 10 de março. No total, 7,7 milhões de pessoas terão acesso a cerca de R$ 11,2 bilhões - valor equivalente a 26% do total de saldo disponível para todo processo de pagamento, que finaliza em julho.

Entre os dias 10 e 31 de março, 118.383trabalhadores sacaram o saldo disponível em Mato Grosso do Sul. Em todo o País, o número ultrapassa os 3,7 milhões de pessoas. O total sacado no Estado foi de R$ 80.343. 123 e no Brasil, mais de R$ 5,9 milhões já foram sacados.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions