A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Abril de 2017

08/04/2017 11:47

Em MS, R$ 9 milhões de contas inativas de FGTS não foram sacados

Ricardo Campos Jr. e Yarima Mecchi
Diretor executivo da Caixa, Márcio Recalde (Foto: Marcos Ermínio)Diretor executivo da Caixa, Márcio Recalde (Foto: Marcos Ermínio)

Levantamento da Caixa Econômica Federal aponta que 10% dos trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro ainda não sacaram o dinheiro das contas inativas de FGTS em Mato Grosso do Sul. Segundo o diretor executivo da instituição financeira Márcio Recalde, são R$ 9 milhões que estão parados no banco aguardando retirada.

Na primeira fase, 85 mil tiveram direito aos montantes no estado, mas 64 mil sacaram, injetando R$ 80 milhões na economia local. Em todo o país, 77% dos trabalhadores pegaram o dinheiro.

Levando em consideração os trabalhadores nascidos em março, abril e maio, que têm direito ao benefício a partir de hoje, são 138 mil que devem ir às agências da Caixa nas próximas semanas. Um terço deles já tiveram as quantias depositadas em contas poupança e poderão retirá-las nos caixas eletrônicos.

“As pessoas têm muita ansiedade para sacar, mas o prazo é até 31 de julho. Não precisa vir no primeiro dia. Pode ter um atendimento mais tranquilo nos próximos dias”, afirma Recaldes.

O diretor executivo diz ainda que a instituição melhorou o sistema para esta segunda fase de saques. Na leva anterior, muitos trabalhadores deixaram as agências sem o dinheiro no bolso. Ao chegarem nos caixas, a quantia simplesmente constava como indisponível, mesmo após confirmação feita pela internet.

Fila na agência da Barão do Rio Branco (Foto: Marcos Ermínio)Fila na agência da Barão do Rio Branco (Foto: Marcos Ermínio)

Movimento – As duas agências do Centro de Campo Grande estavam cheias na manhã deste sábado, mas a localizada na Barão do Rio Branco era a única que tinha filas na calçada que contornavam a esquina com a Rua 14 de Julho. Em ambos os locais o atendimento começou meia hora mais cedo do que o previsto.

Nove unidades abrem na Capital neste sábado: na Rua 13 de Maio, Avenida Bandeirantes, Avenida Coronel Antonino, Rua Barão do Rio Branco, Avenida Eduardo Elias Zahran, Avenida Mato Grosso, Avenida Marechal Deodoro (Aero Rancho), Avenida Júlio de Castilho e Avenida Gury Marques (em frente à rodoviária).

No interior, outras 28 também funcionam. Estima-se que em Mato Grosso do Sul 138.445 pessoas estejam aptas a receber o benefício, injetando R$ 146.154 milhões na economia do Estado.

O horário de funcionamento será das 9h às 15h. Além disso, nos dias 10, 11 e 12 de abril as agências abrirão duas horas mais cedo.

De acordo com o cronograma divulgado pela Caixa no início deste ano, a segunda etapa dos saques iniciariam no próximo dia 10 (segunda-feira) mas a rede antecipou o calendário.

Segundo a assessoria de imprensa da Caixa, a segunda etapa de pagamentos contempla 60% mais trabalhadores que a primeira, iniciada em 10 de março. No total, 7,7 milhões de pessoas terão acesso a cerca de R$ 11,2 bilhões - valor equivalente a 26% do total de saldo disponível para todo processo de pagamento, que finaliza em julho.

Entre os dias 10 e 31 de março, 118.383trabalhadores sacaram o saldo disponível em Mato Grosso do Sul. Em todo o País, o número ultrapassa os 3,7 milhões de pessoas. O total sacado no Estado foi de R$ 80.343. 123 e no Brasil, mais de R$ 5,9 milhões já foram sacados.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions