ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  26    CAMPO GRANDE 29º

Economia

Governador vai apresentar concessão do esgotamento sanitário em evento virtual

Intenção é mostrar a proposta ao mercado financeiro em evento da Bolsa de Valores de São Paulo

Por Leonardo Rocha | 11/08/2020 08:50
Unidade da Sanesul na cidade de Ladário (Foto: Chico Ribeiro - Governo MS)
Unidade da Sanesul na cidade de Ladário (Foto: Chico Ribeiro - Governo MS)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) vai apresentar hoje (11), a partir das 14h, a proposta de PPP (Parceria Pública-Privada) na área de esgotamento sanitário, durante o evento virtual do “Roadshow” da Bolsa de Valores de São Paulo.

A intenção é mostrar o projeto ao mercado financeiro, que visa atrair o investimento privado para beneficiar 1,7 milhão de pessoas, em 68 municípios do Estado, com a universalização da rede esgoto, em 10 anos. O evento será transmitido pela TV da Bolsa de Valores.

“Em 2015, nós tínhamos, quando assumimos o governo, 34% das residências com esgotamento sanitário e essa PPP vai permitir a gente universalizar. Nós vamos ter 100% de coleta e tratamento nas 68 cidades que estão sob concessão da Sanesul”, destacou o governador.

O edital para parceria com a iniciativa privada foi lançado em 15 de junho e vai ser no modelo de “concessão administrativa”. A intenção do governo é que durante o período de 30 anos, a empresa escolhida possa fazer o investimento de R$ 4,5 bilhões no setor, sendo R$ 1,7 bilhões apenas em obras.

A secretária especial do Escritório de Parcerias Estratégicas, Eliane Detoni, ressaltou que o setor de saneamento é mais complexo porque precisa de economia de escala para gerar eficiência. “Neste sentido, o modelo que adotamos é totalmente aderente ao objetivo de antecipar investimentos”.

Projetos – O governo estadual vai aproveitar o espaço neste evento virtual, para apresentar outros projetos que visam parceria com o setor privado. Entre eles estão planos na área de logística de transportes, telecomunicações, gás natural e parques.

Em novembro do ano passado o governador esteve na Bolsa de Valores de São Paulo e defendeu o projeto de concessão da MS-306, tendo como resultado, um mês depois, o leilão que escolheu o Consórcio Way-306 para assumir o controle da rodovia, que tem a missão de investir mais de R$ 1,7 bilhão em 30 anos.

Após o setor de saneamento, o governo vai dar andamento a parceria na área de “infovia digital”, que terá o objetivo de interligar os 79 municípios do Estado por meio de fibra ótica, para ter uma conexão digital. Outra possibilidade é a desestatização da empresa MSGás, assim como parcerias para os parques de reservas naturais do Estado.

“Mato Grosso do Sul tratou os seus ativos que vão a leilão de concessão ou dos projetos de PPPs. Há um consenso de que tudo que nós estruturamos ao longo desses cinco anos está fundamentado nos preceitos da boa gestão, como segurança jurídica, transparência e modernidade”, explicou o secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel.

Regras de comentário