A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

26/01/2018 10:23

Governo faz força-tarefa para ajudar granjas que ainda não se cerfificaram

Ricardo Campos Jr.
Secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, se reuniu com o diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta e representantes das associações de avicultores para fazer um balanço sobre o andamento das modificações. (Foto: divulgação)Secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, se reuniu com o diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta e representantes das associações de avicultores para fazer um balanço sobre o andamento das modificações. (Foto: divulgação)

O prazo para as granjas fazerem as adequações sanitárias exigidas pelo MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) para obterem registro na Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) termina em março, mas algumas empresas ainda não cumpriram o procedimento.

Para identificar os problemas que estão dificultando o cumprimento do protocolo, o governo organiza uma força-tarefa para propor soluções e ajudar esses estabelecimentos.

Unidades que respondem por 20% dos abates de frangos em Mato Grosso do Sul ainda não estão certificadas. Algumas podem estar em processo de registro e outras ainda não cumpriram o protocolo.

A normativa do Governo Federal foi publicada em 2017 e prevê, entre outras coisas, instalação de arcos de desinfecção, cercas externas, tratamento de águas e adoção de programas de controle de roedores e outros vetores.

O secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, se reuniu com o diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta, e representantes das associações de avicultores para fazer um balanço sobre o andamento das modificações.

Embora as empresas de maior porte já tenham conseguido cumprir a demanda, a situação das granjas que ainda não se adequaram preocupa o poder público, que pretende verificar quais os problemas para a busca de soluções conjuntas. 

Para isso, uma força-tarefa irá percorrer esses estabelecimentos para verificar in loco essas necessidades. Durante o encontro, Verruck comentou que durante reunião com os secretários estaduais de Agricultura não observou sinais de que o prazo do MAPA pudesse ser prorrogado. Ele expira no dia 3 de março.

Investimentos – Segundo informações do governo, Mato Grosso do Sul abateu em 2017 (segundo dados da Iagro) 150 milhões de cabeças de frango, e ocupa a 8ª colocação nacional em número de abates. Os municípios com maior rebanho são: Sidrolândia, Dourados, Terenos e Itaquiraí.

Na primeira reunião do Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO (Fundo Constitucional do Centro-Oeste) em 2018 foram aprovados R$ 14,281 milhões em financiamentos para novos aviários que deverão ser instalados em Dourados e Ivinhema.

Além disso, conforme o secretário, as linhas de crédito têm sido amplamente usadas na construção, reforma e adequação de aviários.

Ministério define novas regras para granjas obterem certificação
Instrução Normativa publicada, hoje (22), no Diário Oficial da União, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, estabelece regras e n...
Iagro publica regras para funcionamento de granjas e entrepostos de ovos
A Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) publicou uma instrução de serviço para o funcionamento de granjas de postura e entrep...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions