A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/08/2016 13:44

Governo federal repassa R$ 28,9 bi para concessão do crédito no Centro-Oeste

Anny Malagolini

Na tentativa de retomar o crescimento econômico do país, o governo federal promete o repasse de R$ 28,9 bilhões para fundos de desenvolvimento regionais do Centro-Oeste, entre 2017 e 2020. Os pequenos, médios e grandes investidores dos setores rural, industrial, de turismo, comércio e serviços terão R$ 5,5 bilhões a mais em comparação com o último quadriênio, valor que representa uma ampliação de quase 23% para a região.

A programação financeira prevê a disponibilidade anual de R$ 7,03 bilhões em 2017. Para 2018, o montante previsto é de R$ 7,17 bilhões; para 2019 a proposta atinge R$ 7,29 bilhões e, em 2020, supera os R$ 7,4 bilhões.

Os recursos são provenientes do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO) e do Fundo Constitucional de Financiamento (FCO) para a região. O FDCO, destinado à ampliação e implantação de grandes projetos, a exemplo de indústrias e obras de infraestrutura, financiará R$ 4,4 bilhões. Já o FCO, que tem 51% dos recursos voltados a pequenos investidores - produtores rurais, comércios e serviços, entre outros - terá R$ 24,5 bilhões.

De acordo com o governo federal, os Fundos de Desenvolvimento Regional servem para financiar pessoas jurídicas que desenvolvam atividades nos setores de infraestrutura, agricultura, agroindústria, mineral, indústria, inovação e tecnologia, turismo e serviços, consideradas relevantes para as regiões assistidas e para a redução das desigualdades regionais.

Os Fundos Constitucionais de Financiamento têm como fonte de recursos 3% da arrecadação do Imposto de Renda e o Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) e não são vinculados ao Orçamento Geral da União (OGU). Portanto, não são passíveis de contingenciamento. Os recursos também são cumulativos, ou seja, a arrecadação do ano anterior permanece no fundo para garantir a programação financeira dos anos posteriores.

Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions