A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/02/2009 10:03

Importações de gás foram 25% menores em janeiro

Redação

O volume de gás natural boliviano importado da Bolívia em janeiro deste ano foi 25% menor que o de janeiro do ano passado, segundo dados da balança comercial. Apesar disso, o valor da negociação cresceu 38,46%, devido ao forte encarecimento do produto nos últimos 12 meses.

A queda nas importações do gás natural já era anunciada pelo governador, André Puccinelli (PMDB). Ele disse que essa redução causa impacto direto na arrecadação do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), que cai.

Já a MSGÁS informa que não há prejuízos aos clientes que recebem o combustível no Estado. A última informação da Petrobrás, do dia 10 de fevereiro, dava conta de que o nível de importação do gás boliviano não será retomado pelo menos até abril. A estatal atribui a redução de demanda à crise internacional.

Dos 37 milhões de metros cúbicos dia, a compra de gás boliviana caiu para 30 milhões. A queda inicial seria ainda maior, a 17 milhões de m³, mas foi amenizada após reivindicação do governo boliviano e de Mato Grosso do Sul, que perderia recursos de ICMS referentes ao gás.

Mais caro

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions