A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Outubro de 2018

22/12/2011 10:54

Indústria de MS deve crescer até 13% em 2012, segundo projeção da Fiems

Edmir Conceição

Indústrias do Estado devem movimentar algo em torno de R$ 16,5 bilhões ao longo do ano que se inicia

Baseado em indicadores, o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) Sérgio Longen, projeta crescimento de até 13% para o setor industrial em 2012. No caso do faturamento das empresas do setor no Estado, por exemplo, o montante deve saltar de R$ 15,3 bilhões para R$ 16,5 bilhões, a geração de empregos sairá de 122,9 mil para 130,5 mil trabalhadores, o número de estabelecimentos instalados aumentará de 9,8 mil para 10 mil e o PIB (Produto Interno Bruto) Industrial crescerá de R$ 7 bilhões para R$ 7,9 bilhões.

Além disso, a atividade industrial sul-mato-grossense encerra o ano de 2011 com crescimento em torno de 10% com relação a 2010, tendo o faturamento subido de R$ 14,1 bilhões para R$ 15,3 bilhões, a geração de empregos aumentada de 113,7 mil para 122,9 mil, o número de estabelecimentos industriais saltado de 9,5 mil para 9,8 mil e o PIB Industrial crescido de R$ 6,3 bilhões para R$ 7 bilhões. “Os números demonstram que o Estado está no caminho certo e o Sistema Fiems avança cada vez mais no propósito de oferecer apoio integral à produção, com ações de qualificação de mão de obra, educação do trabalhador e representatividade institucional”, avaliou Sérgio Longen.

Ainda segundo o presidente da Fiems, o acelerado processo de industrialização do Estado traz uma série de demandas que precisam ser atendidas para levar os benefícios desta nova economia ao maior número possível de municípios. “A competitividade deve ser a marca da nossa indústria”, definiu. Ele antecipa que é necessário elaborar um planejamento para definição de uma política pública que amplie as oportunidades do desenvolvimento industrial para outras regiões do Estado, como por exemplo, a fronteira e o norte, além de áreas específicas no cone-sul e centro.

(*) Com informações do Núcleo de Comunicação do Sistema Fiems

Dólar abre semana em queda de 1,25%, cotado a R$ 3,73
O dólar abriu a semana em queda de 1,25%, fechando a segunda-feira (15) cotado a R$ 3,7312. Durante o dia, a mínima foi de R$ 3,7134 e a máxima de R$...
Boletos vencidos já podem ser pagos em qualquer banco
Os boletos com valor a partir de R$ 100, mesmo vencidos, poderão ser pagos em qualquer banco. A medida entrou em vigor no último sábado (13) e o prim...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions