A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

26/03/2012 14:05

Industrialização gerou 15 mil empregos na Capital em três anos

Wendell Reis

Prefeitura investiu na industrialização para gerar emprego e incentivar empresários

Prefeito lançou obra da primeira empresa de fabricação de couro acabado e semi-acabado do Estado nesta segunda-feira(Foto: Pedro Peralta)Prefeito lançou obra da primeira empresa de fabricação de couro acabado e semi-acabado do Estado nesta segunda-feira(Foto: Pedro Peralta)

O vice-prefeito e secretário da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e do Agronegócio), Edil Albuquerque (PMDB), calcula que a Capital tenha gerado, aproximadamente, 15 mil empregos com a instalação de indústrias nos últimos três anos, quando a Prefeitura Municipal ampliou o incentivo à industrialização.

“Hoje Campo Grande parte para a questão industrial, que gera um emprego muito grande”, revela o secretário, relatando que em 38 anos como bancário, teve a oportunidade de conseguir uma interlocução muito grande com a classe empresarial.

Só nesta segunda-feira (26) a Prefeitura inaugurou a empresa Oxinal Oxigênio Nacional Ltda e lançou obras da empresa Braz Peli Comércio de Couros, ambas no Polo Empresarial Cons. Nelson Benedito Netto. As duas empresas somam 200 empregos diretos.

Edil afirma que o trabalho é bem intenso e inclui conversas até para mostrar o caminho onde conseguir e aplicar investimentos. Aliado a isso, o vice-prefeito cita a localização geográfica da cidade, que está em um ponto estratégico do País.

“Temos todas as reais condições de trazer qualquer tipo de indústria e empresa que queira se estabelecer aqui. Primeiro pelos incentivos dados pelo governo e prefeitura. Um mix de coisas que redunda na questão de emprego”.

Para exemplificar o crescimento, Edil conta que não pôde cursar uma universidade e nem trabalhar em sua profissão na Capital, por falta de ramo, o que hoje não acontece, visto a diversificação das atividades, que vai de fábrica de tablet a incineração de lixo hospitalar. Ele confidencia que a industrialização também surgiu da necessidade de criar empregos, devido ao crescimento do Município. Entretanto, ressalta a oportunidade dada a classe empresarial.

Edil destacou o apoio dado pelo prefeito para poder atrair indústrias para Campo Grande(Foto: Pedro Peralta)Edil destacou o apoio dado pelo prefeito para poder atrair indústrias para Campo Grande(Foto: Pedro Peralta)

O empresário paranaense José Alberto Miri Berger é um dos investidores que ampliou seus negócios por conta dos incentivos dados pelo Estado e Prefeitura. A empresa, que antes tinha um comércio atacadista de couros na avenida Bandeirantes, vai ser a primeira do Estado a produzir couros acabados e semi-acabados.

O investimento da empresa, denominada Braz Peli, deve chegar a R$ 7 milhões. O faturamento pode atingir R$ 20 milhões ao ano. A vontade expandir o negócio surgiu em 2008 e acabou coincidindo com o desejo do Estado e Prefeitura, de agregar valor aos negócios em Mato Grosso do Sul.

A diferença de valor do produto primário para o semi-acabado ou acabado chega a 70%. Entretanto, tirando os custos com produção, o lucro é de, aproximadamente, 15%, entre uma produção e outra. O empresário espera que a fábrica esteja funcionando até o final do ano, com produção de 15 mil peles por mês. O couro fabricado pela Braz Peli deve ser comercializado para a confecção de calçados. A expectativa é de que 70% do produto seja vendido para o mercado local, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, e 30% seja exportado para a China e Europa. Para instalação da empresa o proprietário recebeu o terreno, isenção de ISS na construção e de IPTU, por quatro anos.

Durante o evento de inauguração das obras da Braz Peli, o prefeito Nelson Trad lembrou que de cada emprego gerado em uma indústria, são gerados de 3 a 5 outros indiretos. Ele frisou que o empresário sempre procura um lugar seguro para fazer um investimento e a Capital não pode perdê-los, tendo em vista que outros empregos são gerados por conta das fábricas, o que fomenta o desenvolvimento. Já o deputado Paulo Corrêa (PR) lembrou da lei que regulamenta a atividade de couros, recordando que Trad o ajudou a aprová-la. Ele avalia que com 22 milhões de cabeça de gado, o Estado pode agregar valor aos produtos que produz.

Despedida - Perto de deixar a secretaria, para disputar a eleição em outubro, Edil revela que aprendeu muito à frente da Sedesc, com a oportunidade de comandar uma pasta tão importante. Além da industrialização, o secretário destaca a representatividade da Capital, motivada pelo foco no turismo de eventos. Edil explica que a Prefeitura fez um trabalho de visita a empresas, pedindo para que estimulasse a matriz ou diretoria para que fizesse cursos ou reuniões em Campo Grande.

O secretário também destaca os investimentos na agricultura, lembrando que foram construídas 11 pontes de concreto, acabando com os problemas de pontes quebradas, que dificultavam a vida do pequeno produtor. Além disso, o secretário lembra da importância do investimento na produção de orgânicos, lembrando que a Capital tem hoje a maior cooperativa do País. Nos próximos dias o secretário promete apresentar um balanço do trabalho da secretaria na administração do prefeito Nelson Trad Filho (PMDB). Ele faz questão de dizer que conseguiu muitos investimentos por conta liberdade e confiança dada pelo prefeito.



Valeu Edil, estaremos juntos em outubro. Campo Grande irá mais uma vez reconhecer seu excelente trabalho em prol do desenvolvimento da capital. Você merece ser mais uma vez o representante honesto e trabalhador de nossa gente.
 
Eliezer Caceres em 26/03/2012 06:05:35
Prezado Edil, ações como as que voce colocou em pratica em nossa Campo Grande demosntram a sua verdadeira capacidade para estar a frente de grandes projetos.

Meus parabéns a voce e ao Nelsinho por todo o trabalho que fezeram e que ainda farão para nossa capital. E, muito breve por nosso estado.
 
João Saueia em 26/03/2012 04:13:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions