A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/05/2015 13:17

Inflação oficial recua 0,61 ponto percentual em abril

Nielmar Oliveira, da Agência Brasil

A inflação oficial do país, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), apresentou variação de 0,71%, registrando desaceleração de 0,61 ponto percentual abaixo da taxa de março (1,32%), informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estaística (IBGE).

O IPCA, que serve de referência para verificar se a meta estabelecida para a inflação está sendo cumprida, registrou em abril o menor índice mensal deste ano.

De janeiro a abril, a taxa acumulada pelo IPCA é 4,56%, a maior taxa para o primeiro quadrimestre desde 2003, quando registrou 6,15%. Em igual período do ano anterior, a taxa era 2,86%. O índice acumulado nos últimos doze meses (8,17%) foi um pouco maior do que nos 12 meses imediatamente anteriores (8,13%). Em abril de 2014, a taxa ficou em 0,67%.

Na avaliação do IBGE, o IPCA mostrou que os preços subiram, em média, menos do que em março, levando-se em conta, principalmente, a energia elétrica. "Esse item, de grande importância no orçamento das famílias, teve variação de 1,31% em abril, mais moderada em comparação ao expressivo aumento de 22,08% apropriado no mês anterior", informou a instituição.

Em março, o aumento de energia elétrica refletiu a revisão das tarifas em todas as regiões pesquisadas, ocorrendo aumentos extras a partir do dia 2, fora do reajuste anual. Houve também, de acordo com o IBGE, no terceiro mês de 2015, alta de 83,33% sobre o valor da bandeira tarifária vigente.

O IPCA, calculado pelo IBGE desde 1980, refere-se às famílias com rendimento monetário de 1 a 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande e de Brasília.

Para o cálculo do índice do mês foram comparados os preços coletados no período de 28 de março a 29 de abril de 2015, com os preços vigentes no período de 28 de fevereiro a 27 de março de 2015.

Inflação sobe menos em abril, mas alimentação e energia pesam no bolso
O preço dos alimentos e o reajuste da energia elétrica pesaram na inflação de Campo Grande, em abril. Segundo dados do IPCA (Índice Nacional de Preço...
Idec alerta para tentativa de fraudes após acordo sobre planos econômicos
Pouco mais de 48 horas depois de oficializada a assinatura do acordo entre a Advocacia-Geral da União (AGU), representantes de bancos e associações d...
Dólar fecha no maior valor em 5 meses após adiamento da reforma da Previdência
Em um dia de tensões no mercado de câmbio, o dólar fechou no maior valor em quase seis meses. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (14) vendi...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions