A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 27 de Maio de 2018

23/06/2009 13:00

Longen quer unificação de tarifas de energia à indústria

Redação

O presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen, defendeu hoje a unificação das tarifas de energia elétrica do setor produtivo.

A proposta é do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e serve para as 27 unidades da Federação. A idéia foi defendida hoje, durante ciclo de palestras da Enersul.

Para Longem, a unificação reduziria as distorções no preço da energia paga pelos consumidores de alta tensão de cada Estado.

Na próxima semana, em Brasília (DF), a proposta será discutida na Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) com a participação da CNI (Confederação Nacional da Indústria) e presidentes das federações das indústrias.

"Entendemos que para o desenvolvimento do setor industrial, principalmente em Mato Grosso do Sul, onde a tarifa de energia elétrica não é competitiva, essa determinação do presidente Lula vai aumentar a competitividade dos produtos feitos no Estado", declarou Longen.

Ele informou ainda que o presidente Lula deve participar da reunião e a Fiems levará seu apoio à proposta de unificação da tarifa de energia.

O presidente da Fiems destacou que a produção do Estado é voltada aos grandes centros consumidores do País e a tarifa de energia é um dos principais componentes do custo de produção, sendo essencial que ela apresente valores reduzidos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions