A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018

18/08/2009 10:33

Mercado formal de trabalho de MS encolheu em julho

Redação

O mercado formal de trabalho de Mato Grosso do Sul registrou resultado negativo em julho deste ano, puxado pelas demissões nos setores de serviços e indústria da transformação. Os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Demitidos) foram divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta terça-feira.

Conforme o estudo do MTE, o resultado entre admitidos e demitidos em julho foi a eliminação de 54 empregos celetistas, o que equivale a um ligeiro decréscimo, de 0,01, no estoque de empregos.

No setor de serviços, foram demitidos 176 trabalhadores a mais do que admitidos. Já na indústria foram fechadas 159 postos. Por outro lado, o comércio teve saldo positivo de 476 vagas de trabalho. Com exceção do comércio e do setor agropecuário, este com saldo positivo de 31 vagas, todos os outros setores eliminaram postos.

De janeiro a julho foram criadas no Estado 12.759 novas vagas, um incremento de 3,44% no estoque de empregos formais.

Dentre as cidades pesquisadas, o melhor desempenho em julho foi em Três Lagoas, com saldo positivo de 185 vagas, seguida de Ponta Porã, com 47. Já Campo Grande eliminou 107 postos e Dourados 273.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions