A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/01/2014 16:20

MS cria 21 mil novos empregos em 2013, menor número em quatro anos

Lidiane Kober
MS cria 21 mil novos empregos em 2013, menor número em quatro anos

De 2012 para 2013, a geração de empregos em Mato Grosso do Sul registrou queda de 13%, segundo balanço do Caged (Cadastro Geral de Empregos e Desempregados) divulgado nesta terça-feira (21). No ano passado, abriram 21.071 postos de trabalho contra 24.224, em 2012.

O número é o menor desde 2010, quando a geração de empregos bateu recorde no Estado, com 28.088 novas carteiras assinadas. No ano passado, a atividade econômica que mais contribuiu foi a construção civil, com 7.120 novos postos de trabalho. O setor de serviços gerou 6.876 vagas e o comércio, 4.956.

Ainda de acordo com o balanço do Caged, em dezembro, por razões sazonais, como a entressafra agrícola, férias escolares, período de chuvas e término das festas no final do ano, verificou-se declínio de 1,60% no nível de emprego ou menos 8.240 postos de trabalho.

Entre os setores, quem mais perdeu vagas foi a Agropecuária, com queda de 2.584 postos de trabalho. A Indústria de Transformação, por sua vez, demitiu 2.085 trabalhadores, enquanto o setor de Serviços perdeu 2.043 postos e a Construção Civil ficou com menos 1.021 funcionários.

Ranking - Na lista dos municípios com mais de 30 mil habitantes, Naviraí é o que menos gerou empregos em dezembro do ano passado. No total, foram admitidos 290 funcionários contra 971 desligados, uma redução de 6,3% no quesito postos de trabalho. Em segundo lugar, figura Paranaíba, com queda de 2,33% das vagas.

Na Capital, abriram 5.698 postos, mas 7.567 foram demitidos, uma redução de 0,91% no número de postos de trabalho, em comparação ao mesmo período de 2012. Em Dourados, a taxa também foi negativa em 0,80%, com 1.174 vagas abertas e 1.608 desligamentos.

Em Três Lagoas, 1.450 pessoas foram admitidas em dezembro de 2013 contra 1.882 demitidas, uma queda de 1,04%. Já em Corumbá, a redução de postos de trabalho foi de 0,33%, com 322 vagas abertas e 370 fechadas.

MS cria 21 mil novos empregos em 2013, menor número em quatro anos


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions