ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 26º

Economia

MS e outros 3 estados têm menor taxa de desempregados do País, diz IBGE

Índice de 9,3% refere-se ao período de outubro a dezembro de 2020; taxa de formalidade foi de 75%

Por Silvia Frias | 10/03/2021 10:28
Pesquisa do IBGE mostra índice de ocupação acima da média nacional (Foto/Arquivo: Henrique Kawaminami)
Pesquisa do IBGE mostra índice de ocupação acima da média nacional (Foto/Arquivo: Henrique Kawaminami)

Mato Grosso do Sul e outros três estados com taxa de trabalhadores sem emprego abaixo dos 10% no país, segundo informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O índice trata de trabalho formal ou informal.  O estado obteve índice de 9,3% no 4º trimestre de 2020. A média nacional foi de 13,9%, queda de 0,7 ponto percentual em relação ao último resultado.

A PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua Trimestral mostra a evolução do mercado de trabalho no período. A divulgação de hoje refere-se de outubro a dezembro de 2020. Na comparação de julho a setembro do ano passado (14,6%), houve queda, mas se avaliado com igual período de 2019, (11%), registra-se aumento.

As maiores taxas de desocupação foram as de Alagoas e Bahia (20,0% em ambos), Rio de Janeiro (19,4%) e Pernambuco (19,0%) e as menores em Santa Catarina (5,3%), Rio Grande do Sul (8,4%), Mato Grosso do Sul (9,3%) e Paraná (9,8%), as únicas abaixo de 10,0%.

O percentual de pessoas trabalhando por conta própria no país no 4° trimestre de 2020 foi de 27,0%. Os maiores índices ficaram com as regiões Norte (32,3%) e Nordeste (31,0%).

As unidades da federação com os maiores percentuais foram Amapá (36,7%), Maranhão (34,3%) e Amazonas (34,2%) e os menores, Distrito Federal (20,0%), São Paulo (23,2%), Alagoas (23,8%) e Mato Grosso do Sul (23,9%), as únicas abaixo de 25%.

O estado ficou acima da média nacional no quesito que leva em conta trabalhadores acima dos 14 anos com carteira assinada no setor privado. O País obteve índice de 75% e, em MS, o resultado foi de 78%.

A taxa de informalidade no 4º trimestre de 2020 foi de 39,5% no Brasil, enquanto que, em Mato Grosso do Sul, foi de 37,3%.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário