A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Novembro de 2018

15/09/2008 10:31

MS gerou o dobro de empregos em agosto deste ano

Redação

O número de empregos formais gerados em Mato Grosso do Sul foi quase 100% maior em agosto deste ano do que no mesmo período do ano passado, segundo mostram os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Demitidos), divulgados nesta segunda-feira. Os setores que puxaram este bom desempenho foram o comércio e serviços.

O saldo entre admitidos e demitidos foi de 1.562 vagas em agosto deste ano, o que significa aumento de 98,22% em relação às 788 vagas criadas em agosto de 2007. O maior número de empregos formais gerados se concentrou no setor de serviços: 893 vagas, um número 64,45% maior que há um ano. Já no comércio, que vive um período bastante aquecido, o salto foi de 120%, passando de 305 vagas a 671.

Os setores da construção civil e indústria, que vinham puxando o saldo de empregos formais, tiveram um arrefecimento em agosto. Na indústria o saldo foi negativo, com 384 demissões a mais que admissões, em agosto e nos canteiros de obra o saldo foi negativo em 74 vagas.

No acumulado do ano, porém, os dados são bastante animadores. Entre todos os setores foram geradas em Mato Grosso do Sul 23.067 vagas de trabalho, um salto de 41,75% em relação às 16.273 de janeiro a agosto de 2007.

A maior parte das vagas,6.607, estão no setor de serviços. Depois vêm o setor agropecuário (5.633), as indústrias (4.894),o comércio (2.866) e a construção civil (2.464).

 

Em Campo Grande a geração de empregos formais diminuiu em agosto deste ano em relação ao ano passado, de 434 a 387. No acumulado do ano, porém, são 8.439 novas vagas, um salto de quatro vezes em relação ao período de 8 meses em 2007. A Capital é uma das campeãs do País em geração de empregos.

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions