A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/09/2009 14:55

Na Assembleia, sindicalistas discutem redução da jornada

Redação

Na próxima segunda-feira (21), a partir das 14 horas, sindicalistas discutem em uma audiência pública, na Assembleia Legislativa, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que reduz a jornada de trabalho de 44 para 40 horas e está prestes a ser votada pela Câmara Federal.

A PEC é defendida pelas centrais sindicais de Mato Grosso do Sul e pelos deputados estadual Amarildo Cruz (PT) e federal Antônio Carlos Biffi (PT-MS). Centrais e os dois parlamentares propuseram a audiência.

Para os trabalhadores, a redução na jornada permitirá gerar emprego sem reduzir salários. Eles dizem que a medida será responsável pela criação de 2,5 milhões de postos de trabalho.

Já o setor industrial é contra. A CNI (Confederação Nacional da Indústria) e a Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) afirmam que a proposta não estimulará a criação de empregos e ainda elevará os custos de produção.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions