A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

12/04/2017 09:10

No 3° dia útil de saque, movimento é tranquilo em agências da Caixa

Priscilla Peres e Elci Holsback
Movimento é tranquilo nas agências nesta manhã. (Foto: Elci Holsback)Movimento é tranquilo nas agências nesta manhã. (Foto: Elci Holsback)
Menos de 50 pessoas aguardavam em fila para saque do FGTS hoje. (Foto: Elci Holsback)Menos de 50 pessoas aguardavam em fila para saque do FGTS hoje. (Foto: Elci Holsback)

No quarto dia após uma nova fase de saque do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) ser liberada, diminuiu o fluxo de clientes nas agências da Caixa Econômica Federal do Centro de Campo Grande. O atendimento começou às 9h hoje.

Diferente dos dias anteriores quando antes da agência abrir as filas já tomavam às ruas, nesta quarta-feira apenas 46 pessoas aguardavam o início do atendimento na unidade da rua 13 de maio com a rua Cândido Mariano.

Entre às 9h e 11h a Caixa tem priorizado o atendimento relacionado ao FGTS e pede para aqueles que precisam resolver outros assuntos irem no horário normal, ou seja, das 11h às 16h.
Vanildo Gomes Pereira trabalha em carvoaria e está sem o Cartão Cidadão. Hoje ele foi tentar saber se tem saldo para sacar e, se tiver, pretende investir o dinheiro na construção da casa própria.

A trabalhadora do comércio Aparecida Florentino Ferreira, deixou para ir hoje na tentativa de encontrar menos filas. Com todos os documentos em mãos, ela quer saber se tem valores a sacar e com ele, pretende pagar contas e tirar o nome do SCPC.

Na sexta-feira as agências bancárias não abrem devido ao feriado de Sexta-feira. Amanhã, o horário volta ao normal e a Caixa abrirá às 11h.

Como sacar - Valores até R$ 1.500 podem ser sacados no autoatendimento, somente com a senha do Cidadão. Para valores até R$ 3 mil, o saque pode ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha no autoatendimento, lotéricas e correspondentes Caixa. Acima de R$ 3 mil os saques devem ser feitos nas agências.

De acordo com a MP 763/16, sancionada pelo governo federal, o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015 pode sacar o saldo. É preciso levar documento de identificação e Carteira de Trabalho, ou outro documento que comprove a rescisão do contrato.

Para o caso de dúvidas e consulta de saldo, as informações podem ser acessadas no site da Caixa: www.caixa.gov.br/contasinativas ou ainda pelo telefone 0800 726 2017.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions