ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 19º

Economia

Comércio comemora lucro com vendas de última hora no Dia das Mães

Nas Moreninhas, os comerciantes apostaram na criativadade e ficaram animados com o resultado

Por Viviane Oliveira e Bruna Marques | 08/05/2022 10:35
Michael deixou para última hora, mas conseguiu garantir a lembrança da mãe e da avó (Foto: Henrique Kawaminami)
Michael deixou para última hora, mas conseguiu garantir a lembrança da mãe e da avó (Foto: Henrique Kawaminami)

O comércio na região das Moreninhas, bairro localizado na saída de São Paulo, lucrou com as vendas de última hora do Dia das Mães, na manhã deste domingo (8), em Campo Grande. Teve comerciante que contou com a criatividade para atrair os clientes com cestas de chocolate, ursinhos e almofadas.

Animada com o movimento, Cristina Conceição da Costa, proprietária de loja de utilidades há 20 anos, apostou nas cestas especiais e a expectativa até as 10h, quando foi entrevistada pela equipe de reportagem, era de vender 100% dos produtos. “Meu marido que faz as cestas. A gente lucra bem nesta época do ano. Dia das Mães e fim do ano é a melhor época pra gente”, contou.

Dona de loja de utilidades há 20 anos, Cristina apostou na criatividade para vender bastante (Foto: Henrique Kawaminami)
Dona de loja de utilidades há 20 anos, Cristina apostou na criatividade para vender bastante (Foto: Henrique Kawaminami)

Segundo Cristina, as cestas para todos os gostos e públicos variam de R$ 45 a R$ 138. Elas são decoradas com chocolate, bichos de pelúcia e almofadas. “De ontem para hoje já vendemos cerca de 100. Esse é o nosso carro chefe em datas comemorativas”, disse sorridente. Ela contou que sempre abre o comércio aos domingos, mas hoje tem um diferencial da data.

Quem garantiu duas cestas de chocolate no estabelecimento de Cristina, para a mãe e para a avó, foi o empresário Michael Pereira da Silva, de 30 anos. “Aproveitei que a loja está aberta e vim comprar nos últimos segundos. Essa data é muito importante, não podemos deixar apagar. Tem muita coisa do dia a dia que passa despercebido, essa data faz a gente relembrar momentos da infância. Dia das Mães pra mim é uma das principais datas comemorativas do ano”, destacou.

Lucimar ficou contente com o resultado das vendas de ontem e hoje (Foto: Henrique Kawaminami)
Lucimar ficou contente com o resultado das vendas de ontem e hoje (Foto: Henrique Kawaminami)

A comerciante Lucimar Nogueira, de 52 anos, também comemorou as vendas nesta manhã. Ela é atendente na loja de acessórios que pertence ao filho. “Hoje é o dia das vendas, já passou muita gente por aqui. Sempre tem um esquecido que vem comprar de última hora”, contou. Lucimar abriu a loja às 8h e vai fechar às 13h. “Depois que eu fechar aqui, nós vamos comemorar juntos. Eles [os dois filhos] já estão fazendo um churrasquinho pra mim”, brincou.

A alta nas vendas já era prevista pela ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande). Pesquisa com empresários mostrou que 77% esperavam vender mais no Dia das Mães deste ano em relação a 2021.

Nos siga no Google Notícias