A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/04/2009 07:15

No setor industrial, empregos caíram 27% em março

Redação

O setor industrial teve em março redução de 27% na abertura de novos postos de trabalho em Mato Grosso do Sul, comparado ao mesmo período do ano passado, conforme aponta o Radar Industrial, da Fiems. Enquanto no mês passado foram criadas 1.193 novas vagas, no mesmo mês de 2008 o total de vagas foi de 1.638.

Um setor com elevado número de demissões em março foi o frigorífico. Só o grupo Independência demitiu duas mil pessoas.

Segundo a Fiems, dos 12 segmentos do setor industrial, seis apresentaram saldos negativos. "Cabe reforçar também que neste período há um forte componente sazonal que pesa sobre as estatísticas de geração de empregos no setor, marcadamente sobre a produção sucroalcooleira como já indicado", informa o Radar Industrial.

A construção civil, que integra o setor industrial, apresentou uma forte reversão no ritmo de geração de novos empregos. Em março de 2008, o setor foi responsável pela criação de 411 novas vagas, em contrapartida no mesmo mês em 2009 o resultado apresentado foi de 200 postos de trabalho.

Apesar do arrefecimento, até o momento, foram 3.275 novas vagas geradas no setor industrial, informa a Fiems. Isso significa 35% do total de 9.250 empregos criados no Estado em 2009, embora um bom número de segmentos da indústria de transformação estejam apresentando reduções liquidas de postos de trabalho.

Para a Federação, "o sinal indicado em março deve sugerir muita cautela". Segundo o estudo, grande parte do desempenho do setor está vinculado aos movimentos que ocorrem no segmento de produção de alimentos, bebidas e álcool etílico, que foi responsável pela geração de 3.273 vagas, ou seja, os demais segmentos da indústria de transformação ainda se mostram pouco influentes sobre as estatísticas do setor.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions