A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/04/2012 09:00

No último dia, 32 mil ainda não declararam Imposto de Renda em MS

Aline dos Santos
Receita encerra hoje o prazo para receber declarações. (Foto: Pedro Peralta)Receita encerra hoje o prazo para receber declarações. (Foto: Pedro Peralta)

Nesta segunda-feira, fim do prazo para entrega do Imposto de Renda Pessoa Física, a Receita Federal ainda está à espera de 32 mil declarações em Mato Grosso do Sul. A estimativa é receber 318 mil declarações neste ano no Estado.

O último dado, apurado na manhã de hoje, apontam 286 mil declarações.

Para os retardatários, a orientação é não perder o prazo. De acordo com o auditor fiscal Antônio César de Campos, o contribuinte deve fazer a declaração, ainda que incompleta.

“Depois, faz uma retificadora. Evita a multa e de ficar em situação pendente”, salienta. O prazo para a entrega do Imposto de Renda foi aberto em primeiro de março. Em Campo Grande, o plantão presencial da Receita vai até as 13h30 desta segunda-feira.

No país, foram entregues 22,6 milhões das 25 milhões de declarações previstas. Devem declarar os contribuintes que receberam rendimentos tributáveis cuja soma foi superior a R$ 23.499,15 e quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil.

Também deve preencher a declaração quem obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas ou obteve receita bruta com a atividade rural superior a R$ 117.495,75.

Ainda em relação à atividade rural, quem tem posse de bens ou propriedade, inclusive terra nua, com valor superior a R$ 300 mil até 31 de dezembro, também está obrigado a declarar.

Lotes - A restituição será efetuada em sete lotes e o recurso financeiro será colocado à disposição do contribuinte na agência bancária indicada na respectiva declaração.

O primeiro lote será em 15 de junho, o segundo em 16 de julho, o terceiro lote em 15 de agosto, o quarto em 17 de setembro, o quinto lote em 15 de outubro, o sexto em 16 de novembro e o sétimo lote em 17 de dezembro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions