A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018

13/02/2009 09:28

Nova Lei reduz contratação de estagiários em 30% no MS

Redação

A Lei do Estágio reduziu a contratação de estudantes em 30%, em Mato Grosso do Sul, desde que entrou em vigor, segundo informações do superintendente do IEL (Instituto Euvaldo Lodi), Bergson Amarilla. Ele acredita, porém, que a partir de agora o ritmo deva acelerar novamente.

"Toda mudança provoca desaquecimento no início por conta da falta de informação e do repensar das empresas e por isso, já estávamos esperando uma diminuição no número de ofertas de vagas. Agora, com o fim esse período, que também coincidiu com a turbulência na economia, já pudemos sentir uma melhora significativa, até por conta das novas aberturas que a lei confere", afirma.

De acordo com ele, no período crítico - três meses após a lei, que começou a vigorar em setembro -, a diminuição das contratações já era esperada, mas, com a chegada do fim do ano e dos reflexos da crise financeira mundial, o percentual da retração surpreendeu. A expectativa era que a redução de contratos ficasse em 15%, mas foi o dobro.

Neste momento, afirma, os setores de serviços, comércio e também a indústria já voltaram a contratar. "As oportunidades são sempre em maior número para o estudante de nível superior. Enquanto se fala em retração, muitos empresários já entenderam que um estagiário pode ser uma ferramenta útil nesse momento, por conta do vigor e da disposição em enfrentar adversidades que os estudantes trazem dentro de si nessa fase da vida", explicou o superintendente do IEL.

A Lei

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions