ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 22º

Economia

Para evitar importação, Senar incentiva cultivo diversificado em MS

Vinícius Squinelo | 02/12/2013 20:30

O Brasil é o maior produtor de maracujá do mundo, mas Mato Grosso do Sul precisa importar de outros estados para atender a demanda local. Segundo o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, falta oferta no mercado. Para incentivar o cultivo da fruta, o Senar/MS oferece em Coxim, dos dias 3 a 6 de dezembro, a capacitação ‘Plantio e manejo básico de pomar – cultivo de maracujá’. Com este curso, o Senar/MS já capacitou 83 produtores sul-mato-grossenses em 2013.

"O mercado é firme e não falta demanda”, enfatiza o engenheiro agrônomo e instrutor do Senar, Carlos Alberto Salgueiro. “Em três colheitas, que duram de nove meses a um ano cada uma, o produtor pode arcar com todas os investimentos feitos”, afirma Salgueiro, referindo-se ao retorno financeiro do cultivo da fruto. “O curso do Senar contribuiu para o aumento da produção de maracujá em Mato Grosso do Sul. O cultivo, que antes era muito limitado, expandiu para várias regiões e hoje temos muitos produtores trabalhando de forma empresarial com o produto”, assinala Salgueiro.

O maracujá pode ser vendido in natura, principalmente para grandes mercados. O produtor tem ainda a alternativa de congelar a polpa da fruta e comercializá-la pelo dobro do preço. Para começar o negócio, é preciso investir em mudas, adubação, defensivos agrícolas, mão-de-obra, irrigação e na construção de um estaleiro para suporte das trepadeiras.

O curso traz considerações gerais sobre o cultivo de frutíferas. Para o plantio do maracujá azedo, variedade específica da capacitação, serão abordados cuidados na escolha da área, espaçamento, demarcação, correção, adubação, seleção de mudas e tratos culturais como a poda. Aspectos econômicos do maracujá também serão apresentados na capacitação. Na semana de 3 a 6 de dezembro, o Senar oferece 70 cursos em Mato Grosso do Sul. Conheça as ações da entidade por meio do site www.senarms.org.br, ou ligue no 3320-9700.

Nos siga no Google Notícias