ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 30º

Economia

Páscoa deve gerar 1.600 trabalhos temporários em Campo Grande

Por Aline dos Santos | 15/03/2012 12:58
Volume de vendas, como ovos de Páscoa, deve crescer até 15%. (Foto: Marlon Ganassin)
Volume de vendas, como ovos de Páscoa, deve crescer até 15%. (Foto: Marlon Ganassin)

A Páscoa deve gerar 1.600 trabalhos temporários em Campo Grande. A estimativa, divulgada pela ACICG (Associação Comercial e Industrial), leva em consideração que esta é a terceira melhor data para obter um emprego temporário, atrás somente do Natal e Dia das Mães.

Segundo o Departamento de Pesquisa e Estatística da associação, a expectativa é que 15% dos contratos firmados sejam efetivados, representando emprego fixo para, pelo menos, 240 pessoas na Capital.

As principais funções contratas pelo comércio são promotor de venda, balconista, vendedor, degustador, demonstrador e repositor. Para assumir as vagas, são necessários alguns pré-requisitos: faixa etária de 18 a 30 anos, Ensino Médio completo e facilidade em lidar com o público. A remuneração média varia de R$ 700 a R$ 1.200.

Algumas vagas oferecem benefícios como vale-refeição, vale-transporte e premiação por desempenho. No quesito volume de vendas, a previsão é crescimento de até 15%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário