A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

25/10/2010 13:11

Piso salarial dos comerciários pode passar para R$ 690

Redação

Os empregados no comércio de Campo Grande reivindicam reajuste de 15% para o piso salarial, saltando de R$ 600 a R$ 690. Se for aprovado o pedido, o novo salário passa a valer a partir de 1° de novembro. A categoria discute ainda o valor pago pelo trabalho nos feriados.

Para quem ganha acima do piso, o reajuste é de 5% de ganho real acima da reposição salarial calculado pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) nos últimos 12 meses.

As propostas foram apresentadas na terceira rodada de negociação. Por enquanto, ainda não há acordo com a classe patronal.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande, Nelson Benites, o bom momento da economia justifica o aumento para os trabalhadores. "A economia vai bem e, consequentemente, o comércio da Capital, do Estado e do País, vai muito bem também. Portanto, não se justifica não dar aumento real ao salário dos empregados", afirma.

Os comerciários brigam ainda para que o valor pago no feriado trabalhado suba dos atuais 7% para 10% do piso salarial.

Com o piso fixado em R$ 600, o empregado recebe R$ 42 por feriado trabalhado, além de uma folga na semana seguinte. A decisão sobre o novo salário dos empregados no comércio deve ser definida somente após o segundo turno das eleições presidenciais.

Eunício e Maia anunciam que governo vai zerar imposto sobre combustíveis
Os presidentes do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciaram que o governo vai zerar a Contribui...
Procon flagra 150 produtos adulterados e polícia prende gerente de supermercado
Pelo menos 150 produtos foram encontrados adulterados e o gerente de um supermercado preso durante fiscalização, em Campo Grande. Conforme o boletim ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions