A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

04/01/2017 13:40

Preços caem e pais lotam papelarias em busca dos materiais escolares

Compras típicas na segunda semana de janeiro iniciaram no primeiro dia útil de 2017

Elci Holsback
Pais iniciaram pesquisa mais cedo neste ano (Foto: Elci Holsback)Pais iniciaram pesquisa mais cedo neste ano (Foto: Elci Holsback)

No terceiro dia últil de 2017 o movimento nas livrarias e papelarias é intenso. Pais em busca de material escolar para os filhos lotam os corredores das lojas, que anunciam promoções e comemoram boas vendas. "Em geral o movimento começa na segunda semana de janeiro, ou lá pelo dia 10, mas dia 2 à tarde a loja já estava lotada, conta o gerente da livraria Livromat, Edgar Rocha.

Segundo Rocha, o movimento atípico fez com que a loja contratasse 40 funcionários temporários para atender o alto fluxo de clientes, que neste ano terão acesso a alguns itens básicos mais baratos. "Devido a instabilidade do dólar, alguns produtos da linha de escrita reduziram os preços na fábrica, compramos mais em conta e vendemos mais barato. Borracha, lápis e apontador são alguns deles, revela o gerente.

 

Lojas apostam em promoções e variedade (Foto: Elci Holsback)Lojas apostam em promoções e variedade (Foto: Elci Holsback)

O Campo Grande News pesquisou alguns itens da lista escolar em lojas da região central e os comparou com pesquisa divulgada pelo Procon (Superintendência de Defesa do Consumidor) na primeira semana de 2016. Na época, a borracha branca Mercur era encontrada entre R$ 0,17 e R$ 0,45. Neste ano, o produto foi encontrado a R$ 0,42 no Shop Tudo; R$ 0,49 na Giga e R$ 0,50 na Livromat.

O lápis preto simples da Faber Castel era vendido em 2016 entre R$ 0,56 e R$ 1,00. Neste ano o produto foi encontrado a R$0,30 na Giga e Livromat e R$ 0,35 no Shop Tudo.

Já a caneta esferográfica Bic de tubo transparente, que no ano passado custava entre R$ 0,65 e R$ 1,00, atualmente é vendida a R$ 0,99 na Giga; R$ 0,98 no Shop Tudo e a R$ 0,90 na Livromat.

O apontador simples atualmente é vendido a R$ 0,75 (com duas unidades) na Giga; R$ 0,47 (cada) no Shop Tudo e R$ 0,25 (cada) na Livromat. A pesquisa do Procon de 2016 apontou que o iten era vendido entre R$ 0,15 e R$ 0,50 no período.

Muitos consumidores iniciaram a pesquisa logo após a virada do ano (Foto: Elci Holsback)Muitos consumidores iniciaram a pesquisa logo após a virada do ano (Foto: Elci Holsback)

A cola branca de 40 gramas é encontrada a R$ 0,85 na Giga e a R$ 1,10 na Livromat. Em 2016 o produto era encontrado R$ 0,70 e R$ 1,30, dependendo da marca.

O caderno espiral de 10 matérias com capa dura tem grande variedade de preços, dependendo da marca e capa. Personagens famosos, artistas ou times influenciam nos valores dos produto. Na Giga, há cadernos com valores entre R$ 12,99 e R$ 29,99; no Shop Tudo, os produtos são encontrados à partir de R$ 9,75 e na Livromat, o mais em conta custa R$ 9,80 e o mais caro R$ 34,90. No último ano, a pesquisa apontou o caderno linha personagens com valor médio de R$ 9,99.

Lista em mãos - Rita Prado Melo, 32 resolveu adiantar as compras do material escolar dos filhos de 7 e 5 anos. O mais novo vai iniciar na escola regular neste ano e como as compras serão dobradas, a mãe optou por iniciar a pesquisa mais cedo em busca de promoções. "Ainda tem um pouco do 13° salário, então é bom gastar no material, já que precisa comprar mesmo. Os preços estão na média, algumas coisas subiram, outras não mudaram muito comparando ao ano passado", avalia.

Pesquisando também está Roberta Alves, 37 anos, mãe de uma estudante de 12 anos. Em geral ela inicia a busca pelos itens da lista cedo, não gosta de deixar para a última hora. "No início do ano sempre tem promoção e encontramos coisas boas. Em cima da hora é só o que sobra de produto", conta.

Mesmo com o atípico adiantamento nas compras, lojistas acreditam que o movimento será mantido até fevereiro, período em que em geral inicia o ano letivo. "Sempre tem quem deixe para comprar de última hora", comenta o gerente da Livromat, Edgar Rocha.

Receita reduz para 60 dias prazo de restituição do Simples e MEI
A Secretaria da Receita Federal publicou nesta terça-feira, 27, no Diário Oficial da União (DOU) mudanças em instrução normativa que dispõe sobre res...
Na Justiça, corretor cobra R$ 44 milhões por operação da Eldorado
O corretor Lúcio Bolonha Funaro entrou com um processo judicial contra a Eldorado Celulose para cobrar uma conta de R$ 44 milhões. Segundo ele, o val...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions