A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/09/2017 09:58

Prefeitura gasta R$ 1,7 bi com servidor e fica acima do limite prudencial

Ricardo Campos Jr.

A Prefeitura de Campo Grande gastou R$ 1.703.908.451,14 com despesas de pessoal nos últimos 12 meses, o que inclui o salário dos funcionários públicos e as aposentadorias dos servidores inativos e pensionistas. O demonstrativo fiscal foi publicado em edição extra do Diário Oficial nessa quinta-feira (28).

O montante corresponde a 51,90% do valor arrecadado pelo município nesse período: R$ 1.463.063.661,21. Isso quer dizer que a Capital ficou acima do limite prudencial de 51,30% estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Isso soa um alerta quanto à situação fiscal da prefeitura, já que a norma vigente no país estabelece que o máximo a ser gasto com funcionários não pode ultrapassar 54% da receita.

A maior parte das despesas com pessoal é paga aos servidores ativos. No último ano foi gasto R$ 1.398.802.015,48 com os salários dessas pessoas. Já os aposentados e pensionistas receberam um total de R$ 279.648.499,98 nesse período.

Também pesaram na conta os pagamentos decorrentes dos contratos de terceirização, que somaram R$ 25.427.935,68 aos cofres públicos da Capital.

Não foram computadas no montante de gastos com pessoal as indenizações por demissão e os incentivos pagos por demissões voluntárias, que somaram R$ 32.927591,91 durante o período e os R$ 51.533,77 em direitos pagos aos trabalhadores por força de decisões judiciais contrárias à prefeitura.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions