A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

11/02/2009 07:24

Prejuízo com cheques sem fundo foi de R$ 1,7 bi em 2008

Redação

A economia de Mato Grosso do Sul teve no ano passado prejuízo recorde com os cheques sem fundos: 1,74 bilhão, segundo dados do Banco Central. Isso significa aumento de 27,6% em relação ao rombo causado no ano de 2007, que foi de R$ 1,36 bilhão.

O valor acumulado dos cheques devolvidos por falta de fundos no ano passado é recorde. Até então, o maior rombo foi registrado em 2005, de R$ 1,62 bilhão.

Em número de lâminas devolvidas houve redução, de 1.451.100 a 1.442.500. Isso significa que o valor médio do cheque sem fundo está bem maior.

Em 2007 era R$ 940,59 e no ano passado foi de R$ 1.207,00, sinal de alerta especialmente para o comércio.

Dados do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), repassados pela ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) apontam que no ano passado a inadimplência cresceu 23%.

Fim do ano

Dólar fecha em queda, cotado a R$ 3,71, de olho no cenário eleitoral
O dólar fechou a sexta-feira (19) em queda com o mercado ainda acompanhando o cenário eleitoral. A moeda caiu 0,26%, vendida a R$ 3,7125. Na semana, ...
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions