A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

10/08/2014 11:00

Projeto da Cidade do Ônibus será entregue à Câmara na segunda

Priscilla Peres

A prefeitura entrega o projeto da "Cidade do ônibus" na segunda-feira (11) à Câmara de Vereadores de Campo Grande para votação. O local, a ser instalado em uma área de 20 hectares próximo ao Anel Rodoviário, nos fundos das Moreninhas, deve reunir todas as empresas de transporte intermunicipal em um único local.

O secretário de Desenvolvimento Econômico municipal, Edil Albuquerque, afirma que o projeto está pronto e assim que for protocolado na Câmara, vai aguardar a aprovação dos vereadores para ser executado. "A nossa intenção é que as obras comecem o mais rápido possível, pois será uma grande contribuição para a mobilidade urbana do município".

As cartas-consultas de nove empresas interessadas no projeto já foram aprovadas e junto com a CCR MSVia, responsável pela concessão da BR-163/MS, vão investir mais de R$ 327 milhões para construir suas garagens na Cidade do Ônibus. A expectativa é que sejam gerados 1466 empregos diretos e indiretos na fase de obras e outros 5 mil diretos após a conclusão.

O investimento financeiro será todo das empresas privadas, à prefeitura cabe entregar o terreno em boas condições para o início das construções, com outros incentivos fiscais, como a redução do valor do IPTU ( Imposto Predial e Territorial Urbano) por três anos.

De acordo com a Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e Agronegócio), a cada 24 horas os ônibus fazem 600 viagens vazios pela cidade, o que além de causar transtornos no trânsito, danifica o asfalto. "São várias as vantagens da Cidade do ônibus. O fluxo de carros vai melhorar, o estacionamento próximo as garagens e o barulho para os vizinhos, sem contar os benefícios ambientais", conta Edil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions