A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/03/2009 14:08

Puccinelli deve manter incentivos para setor têxtil

Redação

Na manhã de hoje, o governador do Estado, André Puccinelli, disse que deve manter os incentivos fiscais concedidos às industrias têxtil e de confecções de Mato Grosso do Sul. Esta seria uma forma do governo garantir o emprego de milhares de trabalhadores "neste momento de crise financeira".

Ele lembrou que os incentivos fiscais com renúncia de 100% do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), para a maioria das empresas do setor, encerram-se no fim deste ano.

"Não vamos fazer isso com um setor importantíssimo, que não é o que mais dá dinheiro, mas talvez seja o que mais emprega no Estado. E, neste momento de crise, empregos são mais importantes que tributos e impostos para o Estado", declarou.

O governador disse que já informou ao presidente do Sindivest/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação de Mato Grosso do Sul), José Francisco Veloso, que discutirá, com dois ou três meses de antecedência, sobre a prorrogação dos incentivos fiscais.

"Não devemos manter os 100% de isenção do ICMS, mas, quem sabe, se pagarem 5% do imposto e continuarmos isentando 95%. São idéias que temos, mas vamos discutir primeiro com o setor para verificar o que pode ser feito neste momento pelo governo do Estado", disse, lembrando que medidas ágeis têm de ser tomadas.

Agências têm até hoje para se credenciar para receber turistas chineses
Agências de turismo e viagens do Brasil que têm interesse em trabalhar com turistas chineses devem se habilitar junto ao Ministério do Turismo. O pr...
Receita Federal paga R$ 43 milhões no último lote do Imposto de Renda em MS
A Receita Federal paga nesta sexta-feira (15) o último lote do IRPF (Imposto sobre a Renda da Pessoa Física), de 2017, que contempla 30.300 contribui...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions