A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/06/2017 15:25

Reajustes salariais garantem ganhos de até 123% acima da inflação

Vencimentos de algumas categorias chegaram a 41% da tabela salarial além das promoções a 14 mil servidores e progressões funcionais a outros 6,2 mil, mesmo em período de crise.

Da redação
Secretário de Administração, Carlos Alberto Assis.Secretário de Administração, Carlos Alberto Assis.

Os reajustes concedidos pelo Governo do Estado a determinadas categorias desde 2015 chegaram a exceder em 123% a inflação no período. Conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA), acumulado da inflação foi de 18,38%, enquanto os ganhos de alguns servidores chegaram a 41%.

Várias categorias tiveram inclusive, revistos seus Planos de Cargos e Carreiras. As tratativas ocorreram por intermédio do Fórum Dialoga, que manteve reuniões periódicas com sindicatos e entidades constantemente, mesmo fora do período de negociação salarial.

“Nossa discussão com as entidades em prol do servidor não se limita à database em maio, dialogamos com eles o ano inteiro. Essa postura está inserida na política de pessoal estabelecida pelo Governo do Estado”, explicou o titular da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), Carlos Alberto de Assis.

De acordo com ele, a diretriz estabelecida pelo governador Reinaldo Azambuja para valorização do servidor público se orienta por quatro eixos: garantia do pagamento dos salários em dia, desenvolvimento de carreiras baseado no desempenho, correção das distorções funcionais e salariais e diálogo permanente com os servidores.

Nesse mesmo período, mais de 14 mil servidores públicos de Mato Grosso do Sul receberam promoções e foram concedidas ainda 6,2 mil progressões funcionais. Os benefícios foram definidos como prioritários pelas próprias categorias e informados por seus representantes.

Professores

O reajuste pactuado com a categoria do magistério e pago desde 2015 de modo escalonado elevou em 41% a tabela salarial.

Esses novos valores posicionaram MS em 1o lugar no ranking nacional de salários da Educação. No Estado, 98% dos professores com carga horária acima de 20h passaram a receber salários acima do piso nacional – que prevê a remuneração para jornada de até 40h semanais.

Entre os professores, foram concedidas 2.863 promoções e 621 progressões funcionais.

Polícia Civil

Na atual administração, os 3.169 agentes e papiloscopistas obtiveram correção de 6% na tabela salarial mais abono de R$ 200,00 – que elevaram os ganhos reais a 11,45% no início e 8,48% no final de carreira

Na Polícia Civil, a maior parte dos policiais já recebem a remuneração equivalente ao sexto melhor salário do ranking nacional.

Além do reajuste na tabela, 1.801 receberam 20% incremento no salário em decorrência das promoções concedidas pelo Governador Reinaldo Azambuja desde 2015. Desde que assumiu o comando estadual, ele concedeu também 1.261 progressões que acrescentaram outros 5% aos salários.

Policiais e Bombeiros Militares

Os militares sul-mato-grossenses foram contemplados também com correções na política salarial, também obtidas após discussões do Governo com as entidades representativas dos servidores.

Com o resultado da verticalização das tabelas da PM e dos Bombeiros, somada ao abono de R$ 200,00, os soldados obtiveram 13,13% de aumento no início e 10,87% no final da carreira; e os cabos 10,53% no início e 8,43% no final da carreira.

Dos 10.532 Bombeiros e Policiais Militares de MS, 61% foram beneficiados com as 4.611 promoções e as 1.859 progressões, concedidas de 2015 aos dias atuais.

Outra conquista viabilizada pelo Governo foi a garantia em lei da realização anual de cursos de formação para cabos, sargentos e oficiais para fins de desenvolvimento profissional e promoção.

Foi também diminuído de 8 para 6 anos os critérios para promoção por antiguidade de soldado para cabo. Houve ainda ingresso de 1.273 novos soldados e dada posse a 281 praças e oficiais.

Outras carreiras

Diversas outras carreiras do funcionalismo estadual receberam benefícios, abonos, correção de distorções salariais e convocação de novos servidores para reforçar o quadro.

Por meio do Fórum Dialoga, o Governo do Estado permanece em contato constante com os representantes sindicais, atendendo às reivindicações e criando formas de oferecer melhorias.

São mais 4,7 mil promoções e 5,8 progressões contemplando agentes penitenciários, servidores da Saúde, do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MS), da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), entre outros.

Os abonos concedidos amplamente permitiram até 16% de ganho real aos menores salários.

Revisão Geral de 2017

Conforme anunciado, na próxima segunda feira (3 de julho) o governador voltará a se reunir com entidades sindicais dos servidores para nova rodada de negociação salarial.

CPMI da JBS pede investigação contra Janot e indiciamento dos irmãos Batista
Com os votos contrários dos deputados Delegado Francischini (SD-PR), João Gualberto (PSDB-BA) e Hugo Leal (PSB-RJ), a Comissão Parlamentar Mista de I...
Prazo para renegociar dívidas com o Estado com desconto vence nesta 6ª
Contribuintes em débito com o fisco estadual têm até sexta-feira (15) para aderir ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) de Mato Grosso do Sul.  A...


Engraçado, sou inativo e nem reposição da inflação recebi, alias hoje é dia 1, e nada na conta.
 
Joao em 01/07/2017 08:40:08
Blá, blá, blá e blá.!!!!!!
Não entendi a matéria acima.
É um informe publicitário?
 
Critico em 30/06/2017 21:06:36
Promoção e Progressão? Direitos do servidor por tempo de serviço prestado, não passa de obrigação por parte do Governo, correção de distorções de tabela salarial também, ainda assim salários continuam defasados. Faz-me rir.
 
Eder Oliveira de Mattos em 30/06/2017 16:26:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions