A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/08/2009 17:00

Receita devolve imposto retido desde 2004 para 8,5 mil

Redação

Cerca de 8,5 mil contribuintes que estavam na malha fina há quatro anos receberam hoje (24) devolução de imposto retido pelo Fisco.

A Receita Federal depositou as restituições do lote residual da Declaração do Imposto de Renda 2005 (ano-base 2004).

A consulta estava aberta desde a última segunda-feira (17). Ao todo, a Receita desembolsou R$ 9,94 milhões para 8.436 pessoas físicas.

As restituições têm correção de 56,26%, correspondente à variação da taxa Selic desde maio de 2005.

Esses não são os únicos contribuintes que recebem dinheiro do Imposto de Renda nesta semana. Amanhã (25), a Receita libera o pagamento do lote da malha fina de 2006 (ano-base 2005).

Terão direito à restituição 10.072 contribuintes que receberão R$ 14,8 milhões de reais, com correção de 39,16%.

Na quarta-feira (26), mais 12.347 pessoas físicas que fizeram a declaração em 2007 (ano-base 2006), terão a restituição depositada na conta corrente.

A Receita gastará R$ 25,8 milhões com esses contribuintes.

A relação dos beneficiados está disponível desde a última semana na página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br).

A consulta está liberada desde o dia 17 para a malha fina de 2005, desde o dia 18 para o lote residual de 2006 e desde o dia 19 para as declarações de 2007.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte pode consultar o endereço eletrônico da Receita ou ligar para o telefone 146.

Caso o valor não seja depositado, o contribuinte poderá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Além das pessoas que receberão restituições, a Receita encontrou contribuintes com impostos devidos nos três lotes da malha fina.

No total, 73.162 pessoas físicas terão de pagar R$ 308,2 milhões em tributos atrasados.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions