ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 

Economia

Salário médio em MS é de R$ 3,3 mil; eletricidade e gás lideram em valores

Em 2022, Mato Grosso do Sul registrou um total de 845.260 pessoas ocupadas

Por Jhefferson Gamarra | 20/06/2024 15:07
Trabalhador de setor de gás em Mato Grosso do Sul (Foto: Sindifisco)
Trabalhador de setor de gás em Mato Grosso do Sul (Foto: Sindifisco)

Mato Grosso do Sul apresenta um cenário econômico diversificado, onde os salários variam significativamente entre os setores. Em média, os empregados no Estado recebem R$ 3.352,24. O setor de Eletricidade e Gás oferece a maior remuneração, com uma média de R$ 6.298,74. A menor remuneração foi verificada no segmento de Alojamento e Alimentação, com uma média salarial de R$ 1.487,81. Esses dados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (20).

Os setores de atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (R$ 6.149,01), administração pública, defesa e seguridade social (R$ 5.497,26), educação (R$ 4.863,20), indústrias extrativas (R$ 3.650,60) e saúde humana e serviços sociais (R$ 3.516,96) se destacam por oferecerem salários acima da média estadual. (veja o quadro completo)

SetorSalário Médio (R$)
Eletricidade e gás6.298,74
Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados6.149,01
Administração pública, defesa e seguridade social5.497,26
Educação4.863,20
Indústrias extrativas3.650,60
Saúde humana e serviços sociais3.516,96
Água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação3.123,02
Indústrias de transformação3.002,53
Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura2.841,41
Atividades profissionais, científicas e técnicas2.693,76
Informação e comunicação2.648,56
Transporte, armazenagem e correio2.618,88
Construção2.541,14
Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas2.303,55
Artes, cultura, esporte e recreação2.044,24
Atividades administrativas e serviços complementares1.786,08
Outras atividades de serviços1.778,63
Atividades imobiliárias1.750,41
Alojamento e alimentação1.487,81

Fonte: IBGE

Conforme a pesquisa, em 2022, Mato Grosso do Sul registrou um total de 845.260 pessoas ocupadas, com 687.589 trabalhadores assalariados, o que representa 81,3% do total. As entidades empresariais são responsáveis pela maior parte desses empregos, com 73,8% (124.081 pessoas), seguidas pela Administração Pública, com 19,9% (168.022 pessoas).

As despesas com salários e outras remunerações atingiram um montante de R$ 30 bilhões no estado. O setor público lidera nesse quesito, com R$ 9,3 bilhões destinados à administração pública, defesa e seguridade social, seguido pelo comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas, com R$ 4,2 bilhões, e pelas indústrias da transformação, com R$ 4 bilhões.

Campo Grande concentra a maior parte dos trabalhadores, com 41,7% do total (353.237 pessoas), seguida por Dourados, com 10,1% (85.308), e Três Lagoas, com 5,6% (47.830). Em contrapartida, os municípios com menor número de trabalhadores são Japorã, com apenas 583 empregados (0,06%), e Taquarussu, com 612 (0,07%).


Nos siga no Google Notícias